• DIVULGUE E APAREÇA •
 DIRETOR DO SITE

quarta-feira, 29 de março de 2017

Prefeito Tema representa Governo Flávio Dino em solenidade de aniversário de Mirador

Prefeito Tema representando o Governador Flávio Dino em Mirador nesta quarta-feira(29)
O Prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, esteve durante o dia de hoje (29) acompanhando a programação das comemorações pela passagem dos 79 (setenta e nove anos) de  aniversário da cidade de Mirador na região central do Maranhão.
Durante as comemorações do aniversário de Mirador, comemorado, nesta quarta-feira(29), Dr. Tema foi representar o Governador Flavio Dino na inauguração da pavimentação  asfáltica em torno de 02(dois)Km no Povoado Cocos na zona rural de Mirador, oriundo do Programa Mais Asfalto do Governo do Maranhão.
Várias lideranças políticas da região central do Maranhão estiveram presentes ao ato de inauguração e aniversário da cidade de Mirador. 

Compartilhe:

SECRETÁRIO DE JUVENTUDE DE TEMER É DENUNCIADO POR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA


A Promotoria de Justiça da Comarca de Pio XII (MA) ofereceu denúncia contra Francisco de Assis Costa Filho, Secretário Nacional de Juventude do governo federal; a denúncia consiste em falsidade ideológica, falsificação de documentos, peculato, e participação em uma organização criminosa responsável por desviar dinheiro dos cofres públicos por meio de nomeações de funcionários fantasmas pagos pelo município de Pio XII, Centro-Norte do Maranhão; outras 47 pessoas foram denunciadas

Maranhão 247- A Promotoria de Justiça da Comarca de Pio XII ofereceu denúncia contra Francisco de Assis Costa Filho, nomeado em janeiro por Michel Temer para o cargo de secretário nacional de Juventude. A denúncia consiste em falsidade ideológica, falsificação de documentos, peculato, e participação em uma organização criminosa responsável por desviar dinheiro dos cofres públicos por meio de nomeações de funcionários fantasmas pagos pelo Município de Pio XII, Centro-Norte do Maranhão.

De acordo com o Ministério Público (MP-MA), em quatros meses, Assis Filho exerceu seis funções na Prefeitura de Pio XII, entre 2014 e 2016. A denúncia apontou que, em maio de 2016, ele aparecia na folha de pagamento da cidade nos cargos de secretário de Cultura, professor e procurador-geral do município. A denúncia foi feita em janeiro de 2017. Outras 47 pessoas foram denunciadas, conforme o site do MP (a citação do o secretário de Temer está no quinta parágrafo).

Segundo o MP, foi identificada a existência de uma quadrilha organizada com um único objetivo: desviar dinheiro público em nome do nepotismo, do apadrinhamento político e para a formação de um curral eleitoral. “São diversas pessoas, muitos parentes, detentores de cargos e funções públicas, recebendo salários de todos os valores, variando desde um salário-mínimo até R$ 5 mil”.

Apurou-se que a maioria das pessoas era incluída na folha de pagamento sem ter sido realizado contrato ou termo de nomeação, ou, achava-se com um cargo e depois mudava para outro, sem qualquer critério para contratação/exoneração. “Quando o Ministério Público começou a investigar e a requisitar informações, os ex-gestores de Pio XII passaram a fabricar portarias, termos de nomeação e contratos, com datas retroativas”, destacou o representante do órgão Francisco Thiago Rabelo.

A fraude foi confirmada por uma testemunha que trabalhava diretamente com o secretário de Administração, Antônio Roberval de Lima. Ela afirmou que fazia as documentações e providenciou portarias, em junho de 2016, com data retroativa a 2013 por ordem do secretário.

Entre os documentos apreendidos durante a operação “Descarrego”, dentro da Secretaria de Administração, está um papel manuscrito junto com diversas portarias, termos de nomeação com uma liga com a frase “documentos que não vão para promotoria, faz parte dos 65”.

Nepotismo e fraude

Dentre os diversos casos de favorecimento de parentes e fraude nos pagamentos estão os familiares do ex-prefeito Paulo Roberto Sousa Veloso. “É o mentor intelectual dos crimes narrados. Unicamente para fins pessoais e em nome do interesse político promovia a farra nas contas públicas incluindo funcionários fantasmas, parentes, ou não, mas, certamente, apoiadores políticos na campanha eleitoral de 2012”, afirmou o promotor de justiça.

A empregada doméstica do ex-gestor, em depoimento ao MP, foi nomeada como assessora da Secretaria de Administração, em 1º de novembro de 2015. Questionada sobre os documentos obtidos pelo MP, que comprovam sua posse em um cargo público e e a inclusão de seu nome na folha de pagamento, a testemunha respondeu que, por ordem de Veloso, assinou os documentos e teve que abrir uma conta bancária, mas nunca recebeu o cartão para movimentar a conta, onde era depositado o valor de R$ 2.400 mil. Enquanto isso, ela recebia o salário de R$ 500 como empregada doméstica.

Ana Carolina Veloso, sobrinha do gestor, morava em São Luís e recebia salário de R$ 2.200 mil. Outra sobrinha dele, Larissa Veloso, reside em Assunção, no Paraguai, onde estuda Medicina e recebia salário de R$ 2.510 mil.
Compartilhe:

MP ELEITORAL PEDE CASSAÇÃO DE MICHEL TEMER


Procuradoria-Geral Eleitoral pediu ao Tribunal Superior Eleitoral a cassação de Michel Temer e a inelegibilidade da presidente deposta Dilma Rousseff; informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo; manifestação do Ministério Público foi encaminhada na noite desta terça-feira (28) ao TSE; presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, já anunciou que a cassação de Temer começará na próxima terça-feira, 4; estratégia do peemedebista para permanecer no poder é fazer chicanas, tanto no TSE quanto no STF, para tentar arrastar uma decisão final para 2018

Do Infomoney - Segundo fontes ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, o MPE (Ministério Público Eleitoral) pediu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e a inelegibilidade da presidente deposta Dilma Rousseff (PT). A manifestação da PGE (Procuradoria-Geral Eleitoral), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira (28) ao TSE.

O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, anunciou nesta terça-feira que a chapa Dilma-Temer começará a ser julgada na manhã da próxima terça-feira (4). Ele informou ainda que os ministros da Corte concordaram em reservar quatro sessões para julgar o caso. Além da sessão da manhã de terça, no mesmo dia haverá uma outra sessão, à noite, a partir das 19h. Pelo cronograma anunciado por Gilmar, haverá, ainda, uma sessão extraordinária na noite de quarta, enquanto na sessão semanal de quinta, pela manhã, os ministros devem concluir o julgamento.

Segundo o jornal, se os ministros do TSE seguirem o entendimento da PGE - ou seja, cassarem Temer, mas o deixarem elegível -, ele poderia concorrer numa eleição indireta. Procurada pela reportagem, a defesa de Temer informou que só se manifestará sobre o parecer no julgamento. A defesa de Dilma não se manifestou.

O TSE apura desde 2015, a pedido do PSDB, se a chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer na eleição presidencial de 2014 cometeu abuso de poder político e econômico, recebeu dinheiro de propina e se beneficiou do esquema de corrupção que atuou na Petrobras.
Compartilhe:

terça-feira, 28 de março de 2017

Brasil joga para ser número 1 do mundo, 1º classificado para a Copa e o 1º favorito

Resultado de imagem para DANTE FERNANDEZ/AFP
Mais do que manter o 100% de aproveitamento sob o comando de Tite, a seleção brasileira vai a campo diante do Paraguai podendo conseguir outros feitos impressionantes. Afinal, a equipe pode deixar o gramado da Arena Corinthians nesta terça-feira com a classificação matematicamente garantida à Copa do Mundo e também com a liderança do ranking da Fifa.

Caso ganhe o duelo na capital paulista, o Brasil ultrapassará a Argentina e irá assumir o primeiro lugar da lista, algo que não ocorre desde maio de 2010, antes do Mundial da África do Sul. Neste período, a seleção amargou a sua pior colocação na relação da entidade que comanda o futebol: uma 22ª posição em junho de 2013.

O triunfo diante dos paraguaios, que seria o nono desde que Tite assumiu o cargo de técnico, faria o Brasil ir a 1661 pontos, enquanto a Argentina, mesmo que ganhe da Bolívia fora de casa, pode somar no máximo 1655 na próxima atualização do ranking.

Isso, porém, não é algo que tenha importância para o treinador. "O que menos levo em consideração é ser primeiro do ranking. Não estou nem aí. Quero preparar a minha equipe para que jogue bem, que proporcione um grande espetáculo", afirmou na última quarta-feira.

A título de curiosidade, o Brasil já foi à Copa na condição de líder do ranking em três ocasiões: 1998, 2006 e 2010. Na primeira, perdeu a decisão para a França, então país-sede do torneio; já nas outras duas, acabou eliminado nas quartas de final.

Além do topo da lista da Fifa, os três pontos ainda podem significar a confirmação da classificação. Para isso, os brasileiros têm de contar com derrotas de Equador e Chile, que jogam em casa contra Colômbia ne Venezuela, respectivamente. Assim, o país pentacampeão mundial iria a 33 pontos, 13 de vantagem sobre os atuais quinto e sexto colocados, com 12 por disputar.

Até o momento, a única seleção assegurada no Mundial é a Rússia, país-sede. Nem mesmo equipes europeias, que têm eliminatórias com menos jogos - cada equipe disputa dez partidas contra 18 dos sul-americanos - já garantiram a classificação matematicamente.

O passaporte carimbado ainda seria outro argumento para quem pensa que o Brasil é o principal ou um dos principais candidatos ao título no ano que vem. Atualmente, a seleção vem de sete vitórias seguidas nas eliminatórias, o que fez Tite superar o recorde de João Saldanha em 1969 de maior número de triunfos consecutivos de um técnico brasileiro em uma mesma edição da competição. E o recorde veio com direito a triunfos por 3 a 0 sobre a Argentina e 4 a 1 diante do Uruguai.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL X PARAGUAI

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 28 de março de 2017, terça-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Víctor Carrillo (Peru)
Assistentes: Jonny Bossio e Coty Carrera (ambos do Peru)

BRASIL: Alisson; Fagner, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho, Renato Augusto e Neymar; Roberto Firmino. Técnico: Tite

PARAGUAI: Antony Silva, Bruno Valdez, Paulo da Silva, Marcos Cáceres e Junior Alonso; Cristian Riveros, Rodrigo Rojas, Víctor Cáceres e Derlis González; Cecilio Domínguez e Dario Lezcano. Técnico: Francisco Arce

Com informações ESPN/Uol
Compartilhe:

Pastor Elidonio Carvalho deixa Assembleia de Deus de Tuntum depois de dez anos de pastorado abençoado

O Pastor Presidente da Assembleia de Deus de Tuntum, Elidonio Carvalho  deixou, oficialmente, na noite desta segunda-feira(28), em grande culto de deespedida,  o pastorado da Igreja depois de dez anos no ministério desta denominação na cidade.
Homem simples, mas vocacionado para o ministério pastoral, Elidonio Carvalho foi saudado pela maioria das congregações locais da Assembleia de Deus, seus auxiliares, dirigentes de congregações, departamentos,  pastores de outras cidades e pastores de outras denominações evangélicas com foro em Tuntum, num grande culto de louvor a Deus e de despedida marcado pela emoção e pelo agradecimento de membros e congregados que tiveram sob sua responsabilidade ministerial estes anos todos.
Genro do Pastor José Pereira(falecido recentemente), Pastor Elidonio Carvalho, é natural de Tuntum(Povoado Barriguda), assumiu a presidência da Assembleia de Deus em Tuntum onde implementou um pastorado marcado pela construção de novas congregações, pela pregação da palavra bíblica clara, além, de impulsionar uma liderança espiritual contemplando os diversos departamentos da sua Igreja para honrar o grande arquiteto do universo: Jesus Cristo.
No culto de despedida de ontem(27) no templo central da Assembleia de Deus de Tuntum todos os que se manifestaram foram incisivos em lembrar das qualificações do Pastor Elidonio Carvalho como ministro do evangelho, esposo, pai, vizinho e filho que deixará saudades a todos. Sem esquecer, também, que Elidonio Carvalho da Silva foi fundador e Vice-Presidente do Conselho de Pastores de Tuntum e organizador da Marcha para Jesus no dia do Evangélico da cidade.
Pastor Elidonio Carvalho, juntamente com o Pastor Mário Saraiva e Ermilton foram transferidos para a cidade maranhense de Itapecuru-Mirim onde exercerão um novo ministério na Assembleia de Deus daquela cidade.
Compartilhe:

Morre ex-companheiro de cela de Mandela, o veterano da luta contra apartheid Ahmed Kathrada

Ahmed Kathrada, durante cerimônia de sepultamento do amigo e ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, em 2013 (Foto: Odd Andersen / Pool / Arquivo / Reuters)
Ahmed Kathrada, durante cerimônia de sepultamento do amigo e ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, em 2013 (Foto: Odd Andersen / Pool / Arquivo / Reuters)
O veterano da luta contra o apartheid Ahmed Kathrada, companheiro de cela de Nelson Mandela na prisão de Robben Island, morreu nesta terça-feira (28) em Johannesburg, aos 87 anos, informou a fundação que leva seu nome.

Ahmed Kathrada foi vítima de complicações após uma cirurgia, segundo a fundação.

Deputado e conselheiro do presidente Mandela em seu único mandato à frente da África do Sul, entre 1994 e 1999, Kathrada integrou o primeiro círculo de dirigentes históricos do Congresso Nacional Africano (ANC).

Conhecido por “Tio Kathy”, Kathrada, de 87 anos, estava hospitalizado desde o início de março. Nesta segunda (27), sua condição se deteriorou rapidamente, após ser afetado por uma pneumonia.

Kathrada dedicou sua vida a lutar contra a injustiça racial do governo da minoria branca. Ele também foi um dos mais altos líderes do Congresso Nacional Africano (ANC) a criticar o governo do presidente Jacob Zuma, como acusações de corrupção e má administração.

No ano passado, Kathrada escreveu uma carta aberta pedindo que Zuma renunciasse, acusando o governante de uma série de escândalos, de usar dinheiro dos contribuintes para melhorar sua fazenda.

Filho de pais indianos imigrantes na pequena cidade de Schweizer-Reneke, na província noroeste, pouco antes da “Grande Depressão”, em 1929, Kathrada se envolveu na política aos 12 anos quando distribuiu panfletos para a Liga dos Jovens Comunistas da África do Sul.

Depois de décadas de ativismo, foi sentenciado a prisão perpétua e trabalho duro em 1964, juntamente com Mandela, Walter Sisulu e Govan Mbeki.

Kathrada passou 18 anos prisão do apartheid Robben Island, a poucos quilômetros de Cape Town. Em 1982, foi transferido para a prisão Pollsmoor. Foi libertado em 15 de outubro de 1989, aos 60 anos, tendo passado pouco mais de 26 anos na cadeia.

France Presse
Compartilhe:

segunda-feira, 27 de março de 2017

ATITUDE DE MORO FOI ARBITRÁRIA, DIZ PRESIDENTE DA FENAJ SOBRE PRISÃO DE BLOGUEIRO


“Entendemos que a decisão do juiz Sérgio Moro foi arbitrária e caracteriza um precedente gravíssimo em relação ao direito constitucional do sigilo da fonte. O juiz Sérgio Moro teve a infelicidade de justificar sua ação alegando que o blogueiro Eduardo Guimarães não era jornalista”, afirmou a presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, Maria José Braga, entrevista ao Diário de Goiás; além disso, a presidente destacou que é preciso observar que apesar de Eduardo Guimarães não ser de fato jornalista, com a popularização da internet, fazer comunicação deixou de ser algo exclusivamente de jornalistas e radialistas

Thaís Dutra, do Diário de Goiás - “Entendemos que a decisão do juiz Sérgio Moro foi arbitrária e caracteriza um precedente gravíssimo em relação ao direito constitucional do sigilo da fonte. O juiz Sérgio Moro teve a infelicidade de justificar sua ação alegando que o blogueiro Eduardo Guimarães não era jornalista”, afirmou a presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, Maria José Braga.

Em entrevista ao Diário de Goiás nesta segunda-feira (27), a presidente falou sobre a manifestação da Federação e dos Sindicatos de Jornalistas em repúdio à condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães, na última terça-feira (21), decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na Justiça Federal do Paraná.

Para Maria José Braga, a ação de Moro não foi motivada por princípios jurídicos. “Profissionais tiveram seus sigilos telefônicos quebrados a partir de uma suposição ideológica. ‘Eles curtem determinados blogs, têm posicionamentos de esquerda, por isso será quebrado o sigilo’. Isso realmente caracteriza uma atitude excepcional que só ocorre em Estado de exceção, quando os princípios jurídicos não estão sendo observados”, ressaltou.

Além disso, a presidente destacou que é preciso observar que apesar de Eduardo Guimarães não ser de fato jornalista, com a popularização da internet, fazer comunicação deixou de ser algo exclusivamente de jornalistas e radialistas.

“Temos uma nova realidade, instituída depois da Constituição de 1988, quando esse texto que garante o sigilo da fonte no exercício profissional foi colocado que vamos ter que avaliar. Existem profissionais da Comunicação atuando estritamente em blogs. Claro que quando é jornalista, não tem polêmica, mas quando não é jornalista, vamos ter que estabelecer essa polêmica e esse diálogo com os legisladores, com o Judiciário e a própria sociedade brasileira”, concluiu.
Compartilhe:
• DIVULGUE COM A GENTE E APAREÇA •
 DIRETOR DO SITE

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum