“NÃO EXISTE CASAMENTO INFELIZ, FORÇADO, E CADA UM DEVE SEGUIR O CAMINHO QUE QUER”, DIZ JERRY SOBRE DUARTE JR.

O presidente estadual do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, em entrevista nesta manhã de quarta-feira a vários profissionais de imprensa no hall de acesso ao plenário da Assembleia Legislativa, admitiu que o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior, pode deixar o partido se não aceitar a vontade da maioria por outro nome para representar a legenda comunista na sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

Jerry disse, o entanto, não acreditar que o deputado Duarte Júnior sairá do partido caso não seja escolhido o candidato a prefeito, mas advertiu: “Não existe casamento infeliz, forçado, e cada um deve seguir o caminho que quer. Porém, acredito que não haverá divórcio, acho que o Duarte Jr. continuara no partido“.

O dirigente do PCdoB observou, porém, que um partido que tem dois candidatos e que o critério de escolha, além de pesquisa, que retrata um momento, será a capacidade de agregação politica.

“Temos que fazer um debate mais aprofundando que envolve não apenas o desenho do momento. As vezes o candidato tem 2% e ganha eleição e outro que tem mais de 50% e perde“, explicou.

Jerry adiantou ainda o candidato a prefeito de São Luís deverá ser anunciado até janeiro de 2020.

Blog do Jorge Vieira

Juiz volta a negar denúncia do MP contra Lula

Conjur - Mais uma vez o juiz federal Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal Criminal em São Paulo, negou acolher denúncia do Ministério Público Federal que acusa o ex-presidente Lula de atos de corrupção para beneficiar o irmão mais velho dele.

O magistrado do Tribunal Regional da 3ª Região já havia negado a denúncia, afirmando que não haviam elementos de provas suficientes e que os crimes estavam prescritos.

O MPF afirma que Lula teria concedido vantagens indevidas à Odebrecht em troca de uma mesada a Frei Chico. 

Os procuradores reformularam a denúncia, mas Mazloum novamente não a acolheu. Em decisão desta terça-feira (12/11), em poucas linhas, o juiz escreveu que as mudanças não mudam o fato de não haver a prova e que a prescrição continua valendo. 

"Nos termos do artigo 589 do Código de Processo Penal, assinalo que, mesmo tendo o MPF inovado a narrativa da denúncia em seu recurso, sugerindo ter havido promessa no passado de pagamento de valores no futuro, depois do término do mandato presidencial, é de ser mantida a rejeição. É que a nova suposição não desfigura a natureza formal do delito, pelo que a situação também não escaparia à prescrição. De resto, remanesce incontornável a ausência de justa causa para a instauração de ação penal, conforme motivação anterior", afirma Mazloum.

FLÁVIO DINO DIZ QUE PEC DA PRISÃO PÓS SEGUNDA INSTÂNCIA É REVANCHISMO CONTRA LULA

O governador Flávio Dino (PCdoB) reagiu à iniciativa de parlamentares alterarem a Constituição para fazer valer a questão da prisão a partir da condenação em segunda instância. Para Dino, “não faz sentido votar uma Emenda Constitucional, mexendo na Lei maior do Brasil e desafiando o Supremo, apenas por não gostarem de Lula”.

Flávio Dino usou as redes sociais para passar mensagens contra a Emenda: “Vejam a gravidade de alterar uma cláusula pétrea por mero revanchismo. Rol do Artigo 60, parágrafo 4º: A forma federativa de Estado; O voto direto, secreto, universal e periódico; A separação dos Poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário; Os direitos e garantias individuais”.

Em um segunda postagem, o governador adverte que “a Emenda Constitucional da 2ª instância pretende alterar regra constante do artigo 5º da Constituição, que faz parte do rol das CLÁUSULAS PÉTREAS consagrado pelo artigo 60, parágrafo 4º, da mesma Carta Magna. É um debate muito sério para ser feito por puro revanchismo político”.

O chefe do Executivo maranhense diz ainda que “a Constituição é a Lei maior do país”. E concluiu: “O Supremo é um garante fundamental da estabilidade democrática. Não faz sentido votar uma Emenda Constitucional, mexendo na Lei maior do Brasil e desafiando o Supremo, apenas por não gostarem de Lula”.

Blog do Jorge Vieira

Mais uma enquete para Prefeito de Tuntum em 2020

Resultado de imagem para enquete eleitoral"
O blog Bate Tuntum lança mais uma enquete com tendência de votos para Prefeito de Tuntum em 2020. Esta consulta que não tem valor de pesquisa eleitoral, diga-se de passagem,  oferece aos internautas do município a possibilidade de escolha de pré-candidatos que gravitam em torno da liderança do Prefeito Cleomar Tema e que,  eventualmente poderiam ser apoiados pelo gestor tuntunense.

A enquete de hoje lançada no Bate Tuntum na aba direita do blog  será concluída no dia 30 do corrente e somente um IP(micro, computador, tablet ou/e smartphone) poderá votar na mesma.

Eleição em São Luís passa por Lula e PT

Com a soltura do ex-presidente Lula, a composição eleitoral do país, como um todo, deve mudar visando as eleições de 2020. E São Luís também entra nesse processo.

Com o apoio de mais de 50% da população ludovicense, Lula pode ser peça chave no pleito da capital maranhense.

Sem candidato definido, o PT não sabe se lançará um nome aproveitando o momento com Lula livre, ou se comporá com alguém que já está com pré-candidaturas.

Os deputados federais Bira do Pindaré (PSB) e Rubens Júnior (PCdoB), são os nomes mais alinhados ao lulismo na disputa em São Luís.

Eles aguardam ansiosos a movimentação que o PT fará e, consequentemente, o ex-presidente.
Ter Lula no palanque pode mudar completamente o desenho das rumos da eleição em São Luís.

Marrapá