terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Assalto em Colinas: polícia não sabe do paradeiro dos bandidos

Cofres da agência que ficavam no pavimento superior também foram explodidos
Cofres da agência que ficavam no pavimento superior também foram explodidos

Até agora a polícia do Maranhão não tem qualquer informação sobre o paradeiro dos quinze bandidos que explodiram a agência do Banco do Brasil de Colinas na noite de ontem, dia 15.

Armados com metralhadoras, fuzis, dinamites e outras armas de grosso calibre, os bandidos chegaram na cidade por volta das 21h em três picapes hilux.

A ação, considerada uma das mais violentas, durou cerca de meia hora.

Uma mulher foi morta.

E não foram só os caixas eletrônicos que foram explodidos. Os cofres da agência, que fica no pavimento superior do prédio, também foram arrombados pelos bandidos.

Com as explosões, todo o prédio da agência ficou danificado. Vigas, colunas, paredes e tetos comprometem a estrutura física do prédio que pode inclusive desabar.

Desigualdade

Interessante é que enquanto os bandidos fugiram de picapes hilux e armados com metralhadoras e fuzis, a polícia os perseguia, sempre de longe, em carros bem inferiores e armada de revólver 38 ou no máximo uma pistolazinha.

Nenhum bandido foi preso ou morto.

Com informações do Blog do Badeco/Colinas - MA.