terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Diálogo avançado para PT estar na chapa de Bira do Pindaré em São Luís

Honorato admite conversas do PT com Bira. Socialista muito perto de acordo com sua antiga legenda
Honorato admite conversas do PT com Bira. Socialista muito perto de acordo com sua antiga legenda

O vereador Honorato Fernandes (PT) conversou com o titular deste Blog e o blogueiro Domingos Costa sobre as articulações do PT para as eleições de São Luís. Apear do partido que tem Honorato como vereador estar na administração do prefeito Edivaldo, as conversas estão avançadas por uma aliança da legenda com a pré-candidatura de Bira do Pindaré (PSB) a prefeito.

O único vereador do PT de São Luís rechaçou a ideia de “motim”, mas atribuiu a articulação a um movimento normal neste momento em que as alianças ainda estão indefinidas. “Primeiro que não há motim nenhum, o PT hoje oficialmente continua na base do prefeito Edvaldo Holanda Junior tem contribuído, fui líder do governo, tenho contribuído na gestão, contribuindo tanto aplaudindo aquele que esta certo, incentivando para que as coisas aconteçam e também criticando, porque aliado é aquele que também tem condição de criticar”.

Honorato afirma que a única certeza é que o partido irá coligar dentro do campo dos aliados do governador Flávio Dino ou lançar candidatura própria. E é nesse contexto, que se deram os diálogos com o socialista. “O Bira já procurou o presidente do partido, já procurou deputado federal [Zé Carlos], tem procurado as forças que compõem os diversos setores do nosso partido para fazer o dialogo. O PT não tem posição fechada até porque quem vai defender a posição é o diretório. Lá, nós temos todo um ritual para que se decida com quem a gente vai, nós não temos uma posição. Eu, particularmente, fiz até setembro muita força, no sentido de manter essa aliança que envolve o prefeito Edvaldo, não houve avanço nisso. Aí, infelizmente, ficou em setembro de termos uma conversa, o prefeito de lá para cá também não se manifestou, não procurou o partido. Diante disso, não dá é para assistir parado a politica acontecendo. Os nomes mais próximos que nós temos hoje é do prefeito Edvaldo, que seria uma aliança que envolve o PT, o PDT e o PCdoB, ou o próprio companheiro Bira do Pindaré por quem eu tenho um carinho muito grande, eu trabalhei com o Bira quando ele foi presidente do Sindicato dos Bancários, tem meu respeito, meu carinho. É do PSB, Mas é um petista de coração, tanto que boa parte do seu grupo ainda é do PT. Então, ele tem essa relação e discussões existem segmentos que apresenta até uma possibilidade dele vir para o PT. Agora, nada disso é concreto, o que tem é ele ter procurado dialogo, tem procurado dialogar com as forças do partido”.

O petista ainda reclamou de falta diálogo do prefeito, que gerou a reclamação pública do vereador Chico Carvalho (PSL).

Com informações do Blog do Clodoaldo Corrêa