quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Governo e Sinproesemma continuam rodadas de diálogo em prol da valorização dos educadores

Gestores do Governo e diretoria do Sinproesemma discutem a pauta apresentada pelo sindicato
Governo do Maranhão - Dando continuidade à mesa de trabalho para encaminhamento da pauta de reajuste salarial e outros pontos relacionados ao reconhecimento dos professores, o Governo do Estado e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Maranhão (Sinproesemma) estiveram reunidos nesta quarta-feira (3), na sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Participaram da reunião a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres; a secretária de Gestão e Previdência, Lilian Gonçalves Guimarães; o secretário Adjunto de Planejamento e Orçamento da Seplan, Eduardo Beckman, representando a secretária de Planejamento e Orçamento, Cynthia Mota; o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro e demais membros da diretoria do sindicato, além de técnicos da Seduc, Segep e Seplan.

Durante o encontro de trabalho foram discutidos encaminhamentos das comissões temáticas criadas na última reunião para avançar nos 25 itens apresentados pelo sindicato ao governo, referentes à campanha salarial de 2016. Entre as questões: progressão de professores, aposentadoria, relatório das ações de melhoria da infraestrutura escolar, reajuste do piso salarial, orçamento, processos administrativos, entre outros.

“Nosso governo vem dialogando permanentemente com o sindicato para avançar ainda mais em ações com o foco na política de valorização e respeito aos educadores, que é a determinação do governador Flávio Dino. Nesta reunião, saímos com o entendimento conjunto de nos reunirmos nos próximo dia 17 para discutirmos o andamento dos trabalhos no que se refere à pauta”, destacou a secretária Áurea Prazeres.

Para o professor Júlio Pinheiro, houve avanços significativos e históricos para a categoria no primeiro ano do governo Flávio Dino e há um esforço coletivo para continuar essas ações de valorização dos profissionais. “Tivemos avanços gigantescos neste governo e esperamos avançar mais na garantia desses direitos, atendendo aos anseios da categoria”, ressaltou o presidente do sindicato.