sábado, 13 de fevereiro de 2016

O pesadelo petista em cinco capítulos

STRINGER/BRAZIL: Brazil's President Dilma Rousseff (L) stands with her predecessor Luiz Inacio Lula da Silva at the national convention of their Workers' Party (PT) in Brasilia June 21, 2014. The party confirmed at the convention that Rousseff will be the candidate for re


Por BEPE DAMASCO

1) Dormindo com o inimigo - Por que um ministro quinta coluna ainda permanece no governo ? "Chefe" de uma Polícia Federal totalmente fora de controle republicano, braço golpista dentro do Estado brasileiro, não se ouve do ministro uma crítica sequer aos abusos e perseguições da PF. A mesma leniência ele mostra em relação às atrocidades legais e às seguidas violações do estado de direito cometidas pela Lava Jato. Mais do que isso, vive a elogiar a operação. Mas a responsabilidade é toda da presidenta Dilma. Além do regime ser presidencialista, é público e notório que Cardozo goza da irrestrita confiança da presidenta.

2) Tiro de chumbinho para enfrentar canhão - Não dá para entender o tom moderado, marcado por um republicanismo inútil em tempos de guerra, das respostas de Lula, Dilma e petistas em geral diante do cerco sem fim, das mentiras, calúnias e do jogo sujo da mídia para caçar Lula, emparedar Dilma e criminalizar o PT. Falta dar o nome correto que as coisas têm. No momento atual de extrema gravidade não cabe mais o apelo recorrente a sujeitos ocultos e indeterminados como "certa mídia que não se conforma com as derrotas e eleitorais". Até em respeito ao direito constitucional à comunicação das pessoas é preciso nomear Globo, Folha, Veja e Estadão como pontas de lança de um golpe que visa ceifar as conquistas do povo nos últimos 13 anos. E mais : campanhas abjetas como a caçada ao presidente Lula não podem ser denunciadas de forma edulcorada, tipo " são acusações sem provas para inviabilizar a candidatura de Lula em 2018." São bem mais graves do que isso. São ações criminosas organizadas e orquestradas, que têm como base a calúnia sistemática. Coisa tipificada no Código Penal. É isso que precisa ser dito com todas as letras.

3) Por que mídia não tem o tratamento que merece ? Sei que vou esperar sentado, mas sonho ver Lula, Dilma ou outras figuras públicas do PT repetirem Brizola e Chávez e darem entrevistas com uma edição de O Globo nas mãos, mostrando o que o jornal representa e a que interesses serve. Que diabo de reverência é essa que impede o governo de estancar a publicidade milionária que faz da família Marinho a mais rica do Brasil ? Enquanto o governo "zela pela liberdade de imprensa", os barões da mídia avançam centenas de casa na desmoralização do PT, de Lula, do governo e da esquerda. Chega a ser inacreditável que não vejam isso. No carnaval, vi gente do povo num boteco batendo palmas para a comissão de frente calhorda da escola de samba Mocidade Independente, que teatralizou a prisão de Dilma. Dos fundos do bar, um grito ecoou : "Falta o Lula." O estrago é grande e não atinge apenas as classes média e alta. Chegou no povão.

4) Platitudes e bobagens que só fortalecem adversários da democracia - Em manifestações pelo impeachment, brotam faixas, cartazes e discursos em defesa da quebra da legalidade constitucional, do golpe militar, com bonecos de Lula e Dilma enforcados sugerindo o assassinato de ambos. E o governo costuma responder a essas apologias ao crime soltando notas oficiais nas quais diz respeitar a voz das ruas e ouvi-las com humildade. E, ao invés de enfrentar politicamente os protestos de teor fascista e antidemocrático, prefere bater na tecla da obviedade das obviedades : "a manifestação é um direito democrático." Até hoje também soam patéticas as opiniões da presidenta sobre a regulação da mídia já feita por todo o mundo civilizado. Entre os apelos presidenciais ao uso do controle remoto e sua fé num modelo de liberdade de expressão que só interessa ao monopólio, a disputa por corações e mentes vai indo para o brejo.

5) A praga da falta de solidariedade se dissemina - Por que Dilma não manifesta solidariedade à canalhice midiática da qual Lula é vítima? E por que Lula não reage com a contundência necessária à prisão absurda de um homem que já estava preso como José Dirceu? Por que a condenação sem provas de Vaccari caiu no esquecimento petista? O ex-tesoureiro do PT, acusado de cometer o "crime" de receber dinheiro para campanhas eleitorais de empresas envolvidas na Lava Jato, assim como todos os partidos , mofa na cadeia há um ano. O escritor Otto Lara Resende dizia que mineiro só é solidário no câncer. Já os petitas graduados nem com a cadeia de um companheiro se solidarizam. Pena. Amparar e socorrer os feridos no campo de batalha devia estar no manual de todos os combatentes.

BEPE DAMASCO, Jornalista, editor do Blog do Bepe.