sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Presença ostensiva da Polícia Militar aumenta segurança nas ruas


Novas viaturas permitem um policiamento ostensivo na região metropolitana de São Luís
Governo do Maranhão - Para aumentar a segurança, a Polícia Militar intensificou a presença nas ruas da Grande Ilha. Ações integradas e articuladas asseguram a permanência da Polícia Militar em pontos estratégicos dos chamados grandes-eixos da região metropolitana de São Luís, onde as novas viaturas atuam, realizando rondas e ações preventivas.

De acordo com o subcomandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Jorge Luongo, a ideia é que, à medida que mais veículos cheguem, aumente sua circulação nos bairros. “Iremos fazer um trabalho cada vez mais ostensivo, estaremos mais perto da população e as pessoas têm um ponto a mais de contato com a polícia, além das delegacias e do 190”, afirmou o coronel.

“Melhorou muito, agora a gente vê viatura toda hora, eles entram no bairro. Eu estou muito mais tranquila”, diz a aposentada Maria da Paz Pereira da Silva, que é uma das moradoras do bairro do São Francisco. Ela comemora a presença da viatura policial em uma das principais rotatórias do bairro.

Integrante da operação ‘Malha Metropolitana’, o veículo é um dos 81 novos e modernos já entregues pelo Governo do Maranhão, que colocará nas ruas um total de 300 viaturas até abril. A iniciativa é parte do projeto do governador Flávio Dino para reestruturação as forças policiais do Estado, proposta posta em prática no início de 2015, e que já apresenta resultados positivos, na opinião do comerciante Moacir Venâncio do Vale Filho.

Há dez anos ele é dono de uma sapataria que funciona na rotatória entre as avenidas Marechal Castelo Branco e Ana Jansen. Em quase um mês de permanência de uma viatura e de equipes da Polícia Militar no local, ele já colhe os benefícios da operação em seu negócio também. “Eu já vi muita coisa aqui. Os clientes me ligavam para dizer a hora que estavam chegando para eu pegar a mercadoria na porta, para que eles não precisassem descer. Agora melhorou muito e quero que seja sempre assim”, comemorou Moacir.

De acordo com o subcomandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Jorge Luongo, não é apenas Moacir que já sente os resultados positivos do acréscimo das novas viaturas à Corporação. Segundo o coronel, essa é uma das razões da diminuição no número de ocorrências, como homicídios, que apresentaram redução de 25% em janeiro de 2016 em relação ao mesmo período do ano passado. Outro número que chama atenção é a redução de assalto a ônibus, que caiu pela metade, sendo 55% menor este ano do que o apresentado em janeiro do ano passado.

“Só foi possível alcançar essas reduções graças aos recursos que temos hoje. São mais 1.300 homens nas ruas com estes equipamentos que nos permitem cobrir uma área maior, com mais ostensividade e um trabalho mais efetivo também”, destacou o coronel.

Tecnologia Embarcada

Além do incremento em quantidade, os novos veículos entregues pelo Governo do Maranhão reforçam a segurança no estado com a qualidade da tecnologia disponível e adequação dos veículos para o trabalho.

Os carros, todos do tipo pick-up ou semi-pick-up, são equipados com cinco câmeras capazes de realizar o monitoramento em todo o perímetro em que a viatura se encontra, inclusive à noite, em ambientes com baixa luminosidade. As câmeras e imagens podem ser remotamente controladas pelo Ciops, o que, na opinião do soldado do 8° Batalhão da PM, Rafael Araújo de Sousa, é uma segurança a mais para o policial em serviço. “Estamos aqui, mas sabemos que várias equipes acompanham nosso trabalho, podemos ser avisados e acompanhamos tudo que acontece também nos outros pontos, é um trabalho em equipe que com certeza dá bons resultados”, afirmou.

Além das câmeras e do videomonitoramento, os veículos possuem GPS, tablets que permitem a consulta de documentos e de bancos de dados sobre suspeitos e um sistema de comunicação que diminuiu o tempo de resposta na resolução de ocorrências.

“Toda nossa tecnologia era analógica ou feita por celulares, o que é inadmissível para o trabalho de segurança”, diz Luongo, que completa. “No ano passado o Governo do Maranhão investiu R$ 8 milhões em um sistema de comunicação digital que já apresenta resultados como a diminuição no nosso tempo de resposta nas ocorrências”.

No atual sistema de comunicação, além de pontos fixos, localizados no Ciops e nos quartéis da PM, há os pontos móveis, presentes nos veículos, e a comunicação portátil, os ht’s levados pelos soldados.