terça-feira, 8 de março de 2016

GEOP RECAPTURA DETENTOS FUGITIVOS DE PEDRINHAS

:

O Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP), da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) recapturou dois fugitivos da Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Os detentos Rafael Serra e Antônio Assunção Sales haviam fugido da penitenciária; o GEOP recapturou outro detento, Francielton Gonçalves, condenado por “adulteração de sinal identificador de veículo automotor”, ” formação quadrilha ou bando” e “roubo majorado”

Maranhão 247 - O Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP), da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) recapturou dois fugitivos da Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Os detentos Rafael Serra e Antônio Assunção Sales haviam fugido da penitenciária no início da manhã da segunda-feira (07).

No último dia 24 de fevereiro, o GEOP recapturou outro detento, Francielton Gonçalves, condenado por “adulteração de sinal identificador de veículo automotor”, ” formação quadrilha ou bando” e “roubo majorado”.

Para diminuir as eventuais fugas e impedir ação de facções criminosas fora dos presídios, o governo do Maranhão formou mais 142 profissionais no Curso de Formação de Agentes Penitenciários Temporários. O curso, que tem duração de um mês, já profissionalizou 250 agentes temporários para atuarem no sistema prisional do Estado.

Para acabar com a superlotação e concentração dos presos em Pedrinhas, o executivo investiu na criação de 924 novas vagas no Sistema Prisional, mais da metade das 1800 anunciadas pelo governador Flávio Dino no ano passado. De acordo com o secretário estadual de Administração Penitenciária (Sejap), Murilo Andrade de Oliveira, “o cronograma de obras, proposto pelo governador Flávio Dino, logo no seu primeiro mês de mandato, já foi alcançado em pouco mais de 50%".

"A pretensão, inicial, era a de que pelo menos 1.804 novas vagas fossem abertas ao longo da gestão, porém, somente nos últimos seis meses, entregamos 924 novas vagas. Foram cinco unidades prisionais entregues, nesse curto espaço de tempo: Balsas e Açailândia, em setembro de 2015; e Imperatriz, Pinheiro e Pedreiras, em janeiro e fevereiro deste ano”, afirmou o titular da pasta (leia mais aqui).