terça-feira, 15 de março de 2016

Governo do Maranhão: SES prorroga inscrições para o Curso de Planejamento em Saúde


As inscrições para o processo seletivo do ‘Curso de Planejamento em Saúde’ lançado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Fundação Sousândrade (FSADU/MA) no dia 15 de fevereiro, foram prorrogadas até o próximo dia 31 de março.

São 1.200 vagas para profissionais atuantes na área de planejamento em saúde das gestões municipais de todo o Maranhão. Do total de vagas, 7% são reservadas para profissionais de saúde da gestão estadual, não necessariamente na área de planejamento, mas que tenham interesse pela temática. 

O edital para selecionar os interessados em realizar o curso, que será na modalidade à distância e gratuito, está disponível no site da SES e as inscrições estão sendo realizadas exclusivamente por meio eletrônico: http://central.saude.ma.gov.br/inscricao/. A data de inscrição foi prorrogada para atender a alta demanda de profissionais interessados e assim, conseguir oportunizar a todos.

Após o processo de inscrição, a seleção consistirá na análise objetiva da documentação exigida, por área de candidatura de acordo com o edital. Os candidatos poderão acompanhar a divulgação de todos os atos e comunicados referentes ao processo seletivo para participar do curso e demais informações na plataforma http://planejamento.saude.ma.gov.br/site

Além da plataforma, a Assessoria de Planejamento da SES (Asplan/SES) disponibilizou o endereço de e-mail: ead.planejamento@saude.ma.gov.br e o telefone: (98) 3218-8745 para esclarecer possíveis dúvidas dos candidatos. 

O curso

Com a carga horária de 180 horas, distribuídas em três módulos, o ‘Curso de Planejamento em Saúde’ pretende qualificar os profissionais dentro do prazo máximo estabelecido pela plataforma http://planejamento.saude.ma.gov.br/site, sob pena de não certificação do aluno.

A chefe da Assessoria de Planejamento da SES, Dayane Gomes, explicou que a qualificação técnica dos gestores é para que eles tenham mais afinidade com o planejamento dos estados e municípios, com o objetivo de fazer com que o Sistema Único de Saúde (SUS) funcione integralmente. “A capacitação é uma oportunidade dada pelo Estado aos gestores municipais para uma ampliação e atualização dos conhecimentos de acordo com os paradigmas do SUS”, afirmou Dayane Gomes da Silva. 

Vagas

De acordo com a distribuição de vagas entre as 19 regionais de saúde, a regional de São Luís possui 80 vagas, Chapadinha (60), Itapecuru-Mirim (64), Rosário (67), Açailândia (40), Imperatriz (90), Bacabal (51), Codó (32), Pedreiras (59), Balsas (77), Pinheiro (74), Viana (52), Barra do Corda (30), Presidente Dutra (71), São João dos Patos (68), Caxias (43), Timon (22), Santa Inês (70) e Zé Doca (76).