segunda-feira, 28 de março de 2016

O caos na BR-135 e a incompetência dos aliados de Sarney



O caos e o abandono da BR-135, a única entrada e saída de São Luís por terra, devem ser creditados ao grupo comandado pelo ex-senador José Sarney (PMDB). Ao longo de todos os governos, desde a redemocratização, o comando do DNIT no Maranhão tem sido ocupado por indicados do morubixaba. E todos têm mostrado incompetência na condução de obras federais no Estado. Um exemplo é a duplicação da própria BR-135 que se arrasta há vários anos e está paralisada e, pelas informações que chegam ao blog, já teria consumido todo o volume de recursos previstos para sua execução. O que se vê, até a cidade de Bacabeira, é o abandono completo da obra.

E quem paga por essa incompetência da turma do Sarney? O cidadão comum, transportadoras, empresas de ônibus interestaduais e quem mais necessite transitar todos os dias pela BR-135, tomada por verdadeiras crateras ao longo de vários meses, sem que o DNIT realize nenhuma operação emergencial que assegure o mínimo de trafegabilidade com segurança. Vidas são ceifadas quase que semanalmente em acidentes provocados pela buraqueira, cidadãos têm seus carros avariados diariamente. Mas isso não comove os apaniguados de Sarney pendurados em cargos diretivos no DNIT no Maranhão.

Pelo que o blog tem conhecimento, o DNIT no Maranhão pode ser investigado por conta de supostos desvios de recursos de obras de rodovias. Um servidor do órgão – acredito que de algum cargo de confiança – teria formulado denúncias no Ministério Público Federal sobre esses supostos desvios. “Por conta de ameaças de morte, ele teve que se afastar do órgão, mas encaminhou toda a documentação supostamente comprobatória de irregularidades ao MPF”, disse um leitor do blog.

Tentamos conseguir a suposta documentação, mas o denunciante afirma que tudo o que ele tinha de comprovantes foi repassado ao Ministério Público. Cabe uma pergunta: será que por conta desses supostos desvios o DNIT no Maranhão não tem mais condições de realizar manutenção na BR-135? O blog vai procurar se aprofundar nessas denúncias que podem envolver os aliados da oligarquia Sarney. 

Neste momento de caos total, há necessidade de mudança nos rumos do órgão no Maranhão. Afinal, o PMDB está em vias de abandonar o barco do governo Dilma e, portanto, não se justifica que a corriola de Sarney continue se deleitando com os cargos federais no Estado. Momento de o governador Flávio Dino, o maior defensor do governo Dilma no Maranhão, exigir que a presidenta coloque alguém que seja capaz de conduzir, com competência e honestidade, o DNIT no Maranhão. Em se confirmando essa suposta ação por improbidade no MPF, será mais um motivo para a presidente afastar os sarneisistas.

Em bom momento, sensibilizado com o sofrimento de quem vive uma verdadeira ‘via crucis’ na BR-135, o governador Flávio Dino vai recorrer à Justiça para que o Estado seja autorizado a fazer, emergencialmente, os trabalhados de recuperação de trechos da BR-135, podendo cobrar ressarcimento dos custos à União. Se a via judicial for mais demorada, melhor conversar pessoalmente com a presidente Dilma para acertar a troca de comando do DNIT no Estado.

Quantos ainda serão vítimas do descaso dos ‘gestores’ da oligarquia Sarney? Se continuar como está, essa obra de duplicação corre o risco de ser mais um ‘esqueleto’ de Sarney no Maranhão.

Além disso, poderá ser mais uma obra a ser investigada por supostos desvios para pagamentos de propinas. Como disse a secretária da Odebrecht, o esquema de propinas por obras públicas - que existe desde o período do governo Sarney - é praticado por todas as construtoras. O tempo dirá!

Fonte: Blog do Gilberto Lima