sábado, 23 de abril de 2016

CIRO: BRASIL ESTÁ PERDENDO A CONDIÇÃO DEMOCRÁTICA


Ex-ministro da Fazenda, Ciro Gomes (PDT) afirma que, embora discorde do governo da presidente Dilma Rousseff, ele acredita que o Brasil está perdendo suas condições democráticas em razão "do golpe" em andamento no país; segundo ele, o vice-presidente Michel Temer está "golpeando o País"; para Ciro, duas ações de impeachment em apenas 24 anos "não são pouca coisa"
247 - O ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes, nome do PDT para disputar a Presidência em 2018, afirma que embora discorde do governo da presidente Dilma Rousseff, ele acredita que o Brasil está perdendo suas condições democráticas em razão "do golpe" em andamento no país.

"O Brasil está perdendo a condição democrática, a prevalência da soberania popular", disse ele, em referência ao processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, durante sua participação no Brazil Conference, evento promovido pela Universidade Harvard e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos.

Segundo ele, o vice-presidente Michel Temer está "golpeando o País".

Para o ex-ministro, duas ações de impeachment em apenas 24 anos "não são pouca coisa".

Ele também alertou para o risco de uma crise bancária caso o Brasil não consiga controlar a dívida pública e resolver a crise política e econômica rapidamente. "Hoje é preciso colocar muita clareza no manejo da dívida pública no País. É necessário compreender o galope da dívida como proporção do PIB, do contrário a iminência da crise será uma crise bancária no País", disse.