domingo, 15 de maio de 2016

Governo do Estado está apoiando a implantação do programa Cidades Digitais em municípios do interior

Protocolo de intenções foi assinado por representantes do Governo do Maranhão e do Ceará.

O Governo do Estado está apoiando a implantação do programa Cidades Digitais em 25 municípios maranhense que tiveram projetos aprovados pelo Ministério das Comunicações (MC). O apoio faz parte do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo e o Ministério visando facilitar a instalação de infraestrutura de fibra ótica, e, também, a manutenção da rede nos municípios. O trabalho está sendo coordenado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e, quando concluído, garantirá à população desses municípios acesso à internet em alta velocidade.

O apoio à implantação do Cidades Digitais, segundo informou o secretário da Secti, Jhonatan Almada, é mais uma ação do Programa ‘Cidadania Digital’, do Governo do Estado, que visa democratizar o acesso à internet no Maranhão. Entre as ações do programa já com resultados positivos está o Wi-fi Grátis, que hoje já funciona nos bairros Anjo da Guarda e Cidade Operária com o registro de milhares de acesso, e o Cinturão Digital.

A parceria com os municípios vai permitir a redução de custos para as prefeituras e a utilização, pelo Estado, da rede já implantada para conectar serviços públicos nas áreas de segurança pública, saúde e justiça, entre outras, e a realização de ações nas áreas de formação profissional, educação, saúde e assistência social.

Os acordos estão sendo firmados com os municípios que possuem Programas de Inclusão Digital ou estão cadastrados no Programa Cidades Digitais. “Com isso o governo está contribuindo para reduzir as disparidades regionais e garantindo a inclusão do cidadão na sociedade da informação e do conhecimento”, destacou Jhonatan Almada.

O programa consiste no cabeamento, por fibra ótica, de toda a cidade ligando os órgãos municipais, estaduais e federais existentes no município e permitindo, assim, a constituição de uma rede de alta velocidade de internet. “Esse é um grande avanço para as cidades de pequeno porte que, em geral, não têm nada similar”, acrescentou Almada. 

Na última semana, técnicos da Secti estiveram visitando alguns municípios onde o programa Cidades Digitais será implantado. Durante a visita os gestores municipais assinaram um documento com a definição dos locais onde serão implantadas as fibras óticas para atender na sua maioria os órgãos públicos, bem como os locais específicos para disponibilizar conexão gratuita para a população. O documento, segundo informou o assessor-técnico do Núcleo de Operação de Redes, da Secti, Bruno Paiva, será encaminhado ao Ministério das Comunicações.

Nessa primeira visita os técnicos estiveram nos municípios de Pastos Bons, Buriti Bravo, Jenipapo dos Vieiras, São José dos Basílios, Cantanhede, Santa Rita, Godofredo Viana e Pedro do Rosário.

Cinturão digital

No último dia 18 foi assinado protocolo de intenções para a criação do cinturão digital do Maranhão. O Acordo de Cooperação Técnica em Tecnologia da Informação e Comunicação foi assinado pelo secretário da Secti, Jhonatan Almada com o secretário do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará, Hugo Santana de Figueirêdo Júnior, e pelo presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Adalberto Albuquerque de Paula Pessoa. O projeto levará sinal de internet via fibra óptica a todo o Maranhão.

Com esse acordo, o Maranhão passa a ter um vínculo formal com o Ceará para que a tecnologia de implantação do cinturão digital daquele estado seja transferida para o Maranhão e aqui também seja implantado o cinturão digital. “Além do apoio técnico, vamos receber todo o escopo de legislação que foi criado para a implantação do cinturão digital do Ceará. Uma das principais demandas do Maranhão hoje é por internet, que é um dos planos estratégico do plano de metas do Governo do Estado”, explicou o secretário Jhonatan Almada.

Fonte: Governo do Maranhão