segunda-feira, 16 de maio de 2016

GRAVE A DENÚNCIA: DIPLOMATA FAZ ALERTA SOBRE RETROCESSOS AOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL



Representante do Brasil na Corte Internacional de Direitos Humanos, Paulo Sérgio Pinheiro faz duras críticas ao governo interino de Michel Temer; Pinheiro qualifica Temer com "o que há de mais atrasado na vida política nacional"; "Apoiado na bíblia, na bala e no boi, provavelmente nos bancos, em seu primeiro gesto manda pelo espaço as vozes dos excluídos, a cultura e a razão, nada mais do que natural"; assista ao vídeo

Do Portal Vermelho - O representante do Brasil na Corte Internacional de Direitos Humanos, Paulo Sérgio Pinheiro, que também foi secretário de direitos humanos do governo FHC e professor do Watson Institute da Brown University, em Providence, EUA. gravou um vídeo, em que faz duras críticas ao governo ilegítimo de Michel Temer. Pinheiro qualifica o presidente golpista com "o que há de mais atrasado na vida política nacional".

Sobre o novo ministério apresentado pelo presidente ilegítimo, o respeitável diplomata afirmou que Temer "mandou para o andar de baixo os direitos humanos, as mulheres, os afrodescendentes, a Cultura e as Ciências. "Que gestos mais simbólicos poderíamos esperar de um presidente que sobe ao poder em manobras tão obscuras".

Entretanto, o diplomata disse que não estranhou a atitude vinda de um presidente golpista. "Apoiado na bíblia, na bala e no boi, provavelmente nos bancos, em seu primeiro gesto manda pelo espaço as vozes dos excluídos, a cultura e a razão, nada mais do que natural".

Quadro dos sonhos da família tradicional brasileira

Segundo Pinheiro, o ministério de Temer compõe o quadro dos sonhos da tradicional família brasileira. "brancos, homens e heterossexuais". Família que foi tão bem lembrada no circo que foi a votação na Câmara dos Deputados, recordou Pinheiro.

E portanto, o professor faz um alerta às organizações de direitos humanos, movimentos sociais e os ativistas para enfrentarem o "que há de mais conservador e retrógrado no país e ainda o que está por vir", destacou.

Assista a íntegra de mensagem publicada nas redes sociais: