sábado, 14 de maio de 2016

JORNAL MEXICANO DÁ TEMER COMO INFORMANTE AMERICANO NA MANCHETE


Em matéria de capa na edição deste sábado, o jornal mexicano La Jornada diz que 'o presidente interino do Brasil, Michel Temer, era um informante para a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos em 2006, no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva'; publicação diz que Temer, enquanto deputado federal e presidente do PMDB, se reuniu pelo menos duas vezes com funcionários da embaixada dos EUA em Brasília para discutir a situação política e possíveis alianças eleitorais

247 - Em sua matéria de capa na edição deste sábado (14), o jornal mexicano La Jornada diz que 'o presidente interino do Brasil, Michel Temer, era um informante para a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos em 2006, no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva'. O jornal usa informações do Wikileaks.

A publicação diz que Temer, enquanto deputado federal e presidente do PMDB, se reuniu pelo menos duas vezes com funcionários da embaixada dos EUA em Brasília para discutir a situação política e possíveis alianças eleitorais.

'Ele acreditava que a eleição de Lula havia criado uma enorme esperança entre a população, mas pensou que seu desempenho havia sido decepcionante, que avaliou a possibilidade de que seu partido político lançou o seu próprio candidato para as eleições de outubro de 2006', diz a matéria.

Leia aqui a íntegra.