terça-feira, 17 de maio de 2016

MINISTRO FALA EM CORTAR 10% DOS BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA


Estudos feitos pelo programa de governo do presidente interino Michel Temer projetam que 10% dos atendidos pelo programa estão fora dos critérios; o ministro Osmar Terra destacou que a proporção pode ser até maior: "Se for cruzar todos os dados, pode dar mais, de 20% a 30%, mas estamos falando de uma população flutuante, que melhora de vida e piora rapidamente"

247 – O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, afirma que o pente-fino no Bolsa Família poderá levar ao desligamento de até 10% dos beneficiários.

Estudos feitos pelo programa de governo do presidente interino Michel Temer projetam que 10% dos atendidos estão fora dos critérios.

“Se for cruzar todos os dados, pode dar mais, de 20% a 30%, mas estamos falando de uma população flutuante, que melhora de vida e piora rapidamente. O importante é dizer que será um processo gradual, que não prejudicará a população que realmente precisa. Inclusive a família que eventualmente sair do programa terá as portas abertas para voltar, em caso de necessidade”, disse ele, em entrevista ao Globo.

Ele disse que Temer vai garantir o reajuste de 10% no Bolsa Família anunciado pela presidente afastada Dilma Rousseff em 1º de maio. “Foi um gesto político de Dilma. Completaremos o serviço que ela não fez. Vamos garantir porque (o benefício) está defasado com a alta da inflação, que é acima da média no caso dos produtos que são consumidos com o recurso do Bolsa Família”, afirmou.