segunda-feira, 16 de maio de 2016

SARNEY TENTA CONVENCER TEMER A SABOTAR O MA



Depois de perder o domínio da política maranhense após 50 anos, a família Sarney, que tem como principal nome o ex-presidente da República José Sarney (PMDB), planeja retaliar o governador Flávio Dino (PCdoB); uma das primeiras reivindicações do grupo ao presidente interino Michel Temer é a federalização do Porto de Itaqui, em São Luís (MA), que, junto com terminais privados da Vale e da Alumar, integram o segundo maior complexo do gênero do Brasil em movimentação de cargas; os Sarney já fazem parte do governo Temer com Sarney Filho (PV-MA), que assumiu o Ministério do Meio Ambiente

Maranhão 247 - Depois de perder o domínio da política maranhense após 50 anos, a família Sarney, cujo principal nome é o ex-presidente da República José Sarney (PMDB); Uma das primeiras reivindicações do grupo ao presidente interino Michel Temer é a federalização do Porto de Itaqui, em São Luís (MA). A intenção seria retaliar o governador Flávio Dino (PCdoB). A informação é da coluna de Ricardo Boechat, da IstoÉ.

Desde 2011, a área está sob gestão da Empresa Maranhense de Administração Portuária, lembra o texto. Itaqui, junto com terminais privados da Vale e da Alumar, integram o segundo maior complexo do gênero do Brasil em movimentação de cargas. Também está entre o dez maiores do mundo.

Além de Temer fazer parte do mesmo partido que o ex-presidente José Sarney, principal nome do PMDB, Sarney Filho (PV-MA) assumiu o Ministério de Meio Ambiente - ele é filho do peemedebista.