quinta-feira, 23 de junho de 2016

Em Grajaú, governador Flávio Dino dá início à 6ª edição da Agritec


Pela primeira vez, a região do Médio Sertão do Maranhão recebe uma edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia (Agritec). O governador Flávio Dino esteve nesta quinta-feira (23), em Grajaú, para o lançamento da 6ª Agritec promovida pelo Governo do Estado. Na ocasião, ele entregou 18 barracas do kit feira do programa ‘Mais Produção’, assinou decreto de doação de terra para construção de um centro comunitário e cultural no povoado Alto Brasil e um termo de cooperação técnica para implantação do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, em Arame.

Recepcionado de forma calorosa pelos grajauenses e com a apresentação do boi-bumbá indígena da tribo Guajajara, o governador ressaltou que as Agritecs têm como principal objetivo acabar com a dualidade de um estado que tem tudo para ser rico, mas, ao mesmo tempo, tem um povo tão empobrecido, fruto de décadas de descaso e falta de investimentos em setores como agricultura familiar, pecuária, pesca, aquicultura e extrativismo.

De acordo com ele, o fortalecimento da agricultura familiar, a partir de parcerias com órgãos como o Serviço e Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e de movimentos sociais como ACONERUQ, FETAEMA, FETRAF-MA, MIQCB e MST, faz parte de duas premissas fundamentais do Governo do Estado: tecnologia e conhecimento; essenciais para o crescimento do setor primário e do desenvolvimento real da produção maranhense.

“A Agritec foi criada no nosso Governo. Não existia antes porque é muito difícil encontrar Governo que acredite em produção. Normalmente há quem acredite apenas em demagogia, em obra eleitoreira, essas coisas assim. E nós acreditamos em coisas duradouras, coisas sérias. Por isso que os focos principais do nosso Governo são produção e educação”, ressaltou o governador.

Em sua 6ª edição, a Agritec já movimentou aproximadamente R$ 3 milhões, capacitou mais de quatro mil pequenos produtores e movimentou um público de quase 100 mil pessoas, com a participação de cerca de 100 municípios envolvidos. Em Grajaú, o público da região vai contar, até o próximo sábado (25), com atrações musicais, gastronomia, workshop, exposição de animais, promoções e divulgações de produtos oriundos da agricultura familiar, criando espaços para comercialização e fortalecendo a identidade dos grupos produtivos.

Organizada pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e pelo Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), a Agritec de Grajaú deixará um legado de conhecimento para a região, segundo o secretário da SAF, Adelmo Soares.

“O governador Flávio Dino fez questão de abrir o escritório da Agerp aqui em Grajaú, para colocar um técnico para levar conhecimento aos nossos agricultores e aos povoados. Por isso que na nossa grade científica teremos, nesses três dias, vários seminários de capacitação, treinamento com a Embrapa, com os bancos, a participação da situação fundiária do município e do Estado”, explicou o secretário.

Dona Antônia Lúcia Miranda era só alegria no seu estande de venda de caldo, doce e bolo de batata, além de doce de leite. Tudo orgânico e criado em seu próprio terreno. Ela contou que estava há dois anos tentando plantar batata e só conseguia prejuízo, até que em junho do ano passado começou a receber assistência da Agerp e a vida da sua família mudou. “A assistência técnica tem sido de suma importância porque antes a gente só conhecia técnica antiga. Então isso foi muito bom para nossa renda, como agricultor familiar, e eu estou muito satisfeita com esse projeto”, relatou.


Mais Benefícios

Ainda como parte do objetivo de desenvolver a agricultura e dinamizar a economia criativa, o governador Flávio Dino entregou 18 barracas do programa ‘Mais Produção’ para a inclusão de famílias que se encontram em situação de extrema vulnerabilidade sócio produtiva para geraração de renda e desenvolvimento rural sustentável.


Foi assinado, também, um decreto que determina a doação de área de terra pertencente ao patrimônio público estadual ao município de Grajaú. O espaço, de cerca de 900 metros de perímetro, será utilizado para a construção de um centro comunitário e cultural no povoado de Alto Brasil, um dos maiores de Grajaú.


Além disso, o governador assinou termo de cooperação técnica com o município de Arame para implantação e execução do PAA. Os produtos oriundos da agricultura familiar do município abastecerão as demandas de suplementação alimentar de programas sociais, criando uma cadeia produtiva que gerará benefícios a todos.

Ainda para o município de Grajaú, o governador Flávio Dino destacou que, em breve, vai inaugurar um Restaurante Popular. O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, esteve presente na abertura da Agritec e garantiu que a cidade receberá mais 10km de pavimentação asfáltica por meio do programa ‘Mais Asfalto’. O município já tinha recebido 6km de asfaltamento na primeira fase do programa.

Governo do Maranhão