quinta-feira, 16 de junho de 2016

NEM JORNAIS SALVAM TEMER DA DELAÇÃO DE MACHADO


Estado, Globo, Folha e Valor destacam a ligação do interino Michel Temer com o esquema de propinas de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro; ele afirma que o peemedebista acordou o repasse de R$ 1,5 milhão à campanha de Gabriel Chalita (ex-PMDB) à Prefeitura de São Paulo, em 2012; em editorial, jornal de Otavio Frias diz que “a narrativa de Sérgio Machado indica o quanto o governo de Michel Temer pode se enfraquecer diante da Lava Jato. Nem mesmo políticos agora aliados e há tempos afastados da máquina federal, como o senador Aécio Neves (PSDB-MG), passaram incólumes”; “delação sacudiu Brasília”, ressalta, por sua vez, a publicação dos irmãos Marinho; governo provisório balança

Os principais jornais desta quinta-feira destacaram trecho da delação de Sérgio Machado que cita o presidente interino Michel Temer. Nem Folha, Globo, Valor e Estadão salvam Temer.

Os jornais ressaltam a ligação de Temer com o esquema de propinas do ex-presidente da Transpetro. Machado afirma que o peemedebista acordou o repasse de R$ 1,5 milhão à campanha de Gabriel Chalita (ex-PMDB) à Prefeitura de São Paulo, em 2012.

Em editorial, jornal de Otavio Frias diz que “a narrativa de Sérgio Machado indica o quanto o governo de Michel Temer pode se enfraquecer diante da Lava Jato. Nem mesmo políticos agora aliados e há tempos afastados da máquina federal, como o senador Aécio Neves (PSDB-MG), passaram incólumes”.

“Delação sacudiu Brasília”, ressalta, por sua vez a publicação dos irmãos Marinho. O governo provisório balança.

Brasil 247