terça-feira, 7 de junho de 2016

População do Piauí escolhe médico cubano para carregar tocha olímpica

Com festa, o médico Argèlio Hernández recebe a tocha olímpica em Lagoa Grande.

Do Portal Vermelho

O respeito e a consideração aos médicos cubanos integrantes do programa Mais Médicos foi expressado de forma emblemática pela população de Vila Nova do Piauí. Eles escolheram o médico cubano Argèlio Hernández Pupo para participar do revezamento da tocha olímpica em Lagoa Grande, Pernambuco.

O Piauí é o estado brasileiro onde o programa Mais Médicos conseguiu zerar a mortalidade infantil. Em janeiro deste ano a médica Olívia Rodríguez Gonzalez e seu colega Omar Diaz, anunciaram: “há um ano não registramos nenhuma morte de criança e de gestante. Estamos sem mortalidade materna e infantil’. 

A pequena Vila Nova do Piauí tem pouco mais de 3 mil habitantes e escolheu o médico que atende a população mais pobre para representar o município na cerimônia de passagem da tocha olímpica pela cidade pernambucana de Lagoa Grande no dia 27 de maio. 

E a escolha da população reflete o carinho e a admiração que a população sente pelo médico integrante do programa que atende mais de 50 milhões de brasileiros nas regiões mais remotas do país.