sexta-feira, 10 de junho de 2016

VAGNER, DA CUT: VAMOS ORGANIZAR A MAIOR GREVE GERAL QUE ESSE PAÍS JÁ TEVE


O presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas, afirmou, nesta sexta (10), durante ato "Fora Temer", que ocorre em São Paulo, que o "mais importante, neste momento, é impedir o golpe"; "Depois que a presidente Dilma retornar, a gente pensa no que vai fazer depois", ressaltou; "A luta é longa. É uma maratona", frisou. "Precisamos trazer a classe trabalhadora organizada para enfrentar o golpismo", disse; ele ponderou que a "direita brasileira resolveu acabar com a democracia e nos aniquilar"; segundo Vagner Freitas, há "uma ditadura da toga e da imprensa no Brasil"

O presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas, afirmou, nesta sexta-feia (10), durante ato "Fora Temer", que ocorre em São Paulo, que o "mais importante, neste momento, é impedir o golpe". "Depois que a presidente Dilma retornar, a gente pensa no que vai fazer depois", ressaltou.

"A luta é longa. É uma maratona", frisou. "Precisamos trazer a classe trabalhadora organizada para enfrentar o golpismo", disse.

Ele disse ainda que a "direita brasileira resolveu acabar com a democracia e nos aniquilar".

Segundo ele, há "uma ditadura da toga e da imprensa no Brasil".

Vagner Freitas pontuou que não irá participar de reunião com representantes do governo interino de Michel Temer. 

Ele também anunciou que "se mexerem na Previdência e nos direitos dos trabalhadores", haverá a maior greve geral do país.

De acordo com Vagner Freitas, no próximo dia 21 ocorrerá um ato na Praça da Sé, contra o golpe, com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Brasil 247