quarta-feira, 20 de julho de 2016

CHAPA EDIVALDO-BIRA É CADA VEZ MAIS REAL, DIZ BLOG

:

O movimento do Senador Roberto Rocha de volta ao grupo do governador Flávio Dino abriu margem para a formação da chapa considerada ideal para praticamente todos os aliados do grupo: Edivaldo-Bira do Pindaré; além de Bira ter muitos votos na capital, agrega movimentos sociais, negros, militância; a costura é difícil, mas vem sendo articulada e ganhou mais corpo nos últimos dias; com mandato de deputado estadual, não irá para a vice-prefeitura sem garantias de uma compensação em 2018, que deve passar por uma candidatura a deputado federal; a informação é do Blog do Clodoaldo Corrêa

Blog do Clodoaldo Corrêa - O movimento do Senador Roberto Rocha de volta ao grupo do governador Flávio Dino abriu margem para a formação da chapa considerada ideal para praticamente todos os aliados do grupo: Edivaldo-Bira do Pindaré. Além de Bira ter muitos votos na capital, agrega movimentos sociais, negros, militância.

A costura é difícil, mas vem sendo articulada e ganhou mais corpo nos últimos dias. O senador Roberto Rocha indicou seu filho, Roberto Rocha Júnior, como vice na chapa de Edivaldo para que o PSB feche de vez a questão. Mas os aliados não se agradam do nome que não agrega peso à chapa. Então, uma contraproposta deverá ser feita a Rocha nos próximos dias para que sua família seja contemplada e ele assegure que o PSB fique na chapa e Bira do Pindaré seja o vice de Edivaldo.

A segunda parte da engenharia política é o convencimento do próprio Bira do Pindaré. Com mandato de deputado estadual, não irá para a vice-prefeitura sem garantias de uma compensação em 2018, que deve passar por uma candidatura a deputado federal.

De fato, não é uma costura fácil. Mas se concretizada, aí sim, valeria muito a pena a presença do PSB e a indicação do vice na chapa.