terça-feira, 26 de julho de 2016

Exclusivo: PMDB diz que Eliziane tem primeiro que romper com o governo

Deputado federal Eliziane GamaDeputado federal Eliziane Gama

Articulado pelo suplente de senador Edinho Lobão, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) esteve hoje, dia 26, na sede do PMDB reunida com a cúpula peemedebista para tentar uma aliança a sua pré-candidata à Prefeitura de São Luís-MA.

A reunião não teve avanço e nem a deputada conseguiu apresentar suas propostas, porque o primeiro ponto exigido pelo PMDB foi o rompimento formal dela com o governo do estado.

A cúpula peemedebista disse que a parlamentar teria que romper com o governador Flávio Dino (PCdoB) e abraçar o partido para caminhar nas ruas da capital.

Sem graça, Eliziane disse que não tem coragem de romper com o governo, “apesar do secretário Márcio Jerry ser o maior cabo eleitoral do prefeito Edivaldo Holanda Júnior”.

O senador João Alberto e o filho, deputado federal João Marcelo, não sentiram firmeza na conversa de Eliziane Gama. O senador, por exemplo, já não tem tanta confiança na parlamentar por achar que ela“acende uma vela pra Deus e outra pro diabo”,.

João Marcelo, por sua vez, falou que “ela não se posiciona claramente em relação ao PMDB, em termos de rompimento com o governo estadual, por exemplo. Ela não assume. Tem medo de gritar que tem o PMDB ao lado dela.”

Não demorou – O vereador e pré-candidato a prefeito Fábio Câmara (PMDB) também participou da reunião, mas saiu um pouco antes de terminar. Ele demonstrou firmeza em querer seguir com sua pré-candidatura e deixou o local.

Ficou acertado outras conversas com Eliziane Gama.

Blog do Luís Pablo