sábado, 9 de julho de 2016

Governo realiza seminários de estruturação do Plano Estadual de Educação Ambiental


Ouvir as opiniões e propostas de professores e sociedade civil organizada, sobre como conduzir as políticas governamentais para a área da Educação Ambiental no Estado do Maranhão. Este foi o objetivo do XII Seminário de ‘Estruturação do Plano Estadual de Educação Ambiental do Maranhão’ (PEEA-MA)’, promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), realizado na quarta-feira (06), na cidade de Pinheiro.

Participaram do encontro, lideranças de sindicatos, associações de moradores, trabalhadores rurais e pescadores, além de representantes da sociedade civil organizada de dezenas de povoados e da sede de Pinheiro e de outros 16 municípios vizinhos como: Pedro do Rosário, Santa Helena, Turilândia, Palmeirândia, Peri-mirim, São Bento, Bequimão, Bacurituba, entre outros.

Na oportunidade foi feito o alinhamento dos temas e trabalhos em grupos sobre cinco eixos fundamentais da Educação Ambiental: Criação e apoio às Escolas Sustentáveis, onde o foco são as atividades de sustentabilidade ambiental das escolas para subsidiar o planejamento das ações de Educação Ambiental para os próximos dois anos; Educação Ambiental como apoio a conservação dos recursos hídricos; Educação Ambiental voltada aos resíduos sólidos, onde é discutido o Plano Estadual de Resíduos Sólidos ( PERS); Educação Ambiental como apoio a gestão de Unidades de Conservação, com foco no Sistema Estadual de Unidades de Conservação; e a Educação ambiental como apoio às políticas de redução e combate ao desmatamento e queimadas, direcionada a adequar as estratégias com os eixos do Plano de Ação Para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas.

A elaboração do plano para a implantação da Política Estadual de Educação Ambiental do Maranhão, é uma tarefa de responsabilidade dos órgãos gestores: SEMA, através da superintendência de Educação Ambiental da secretaria-adjunta de Desenvolvimento Sustentável, e a Seduc, através da coordenação de Educação Ambiental, sob a supervisão da CIEA-MA (Comissão Institucional de Educação Ambiental do Maranhão).

Viana

No dia cinco (5), a cidade de Viana, também na Baixada Maranhense, já havia realizado o seminário para a escuta da sociedade organizada e representação de classes. Na ocasião, 29 professores de 13 municípios estiveram presentes.

Este foi o décimo segundo, de um total de 18 encontros previstos para escuta da sociedade civil organizada. A próxima cidade a realizar o Seminário de Estruturação do Plano Estadual de Educação Ambiental, será Bacabal. O resultado destes encontros vai assegurar a implementação da Política Estadual de Educação Ambiental nas ações futuras do Governo do Estado.

“Os Seminários representam um marco para a Educação Ambiental no Estado do Maranhão, pelo cumprimento da Lei 9.279/2010 que prevê o trabalho, de forma sistemática e contínua, na gestão, currículo, relação com a comunidade e infraestrutura com o tema Educação Ambiental nas secretarias de educação e nas escolas,” destacou o professor Luís Câmara, coordenador de Temas Socioeducacionais.

Governo do Maranhão