segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Gilmar Mendes: 147 municípios poderão ter novas eleições, dentre eles Bacabal e Dom Pedro

Em entrevista coletiva neste domingo o presidente do TSE, Gilmar Mendes, anunciou que as eleições municipais podem ser anuladas em até 147 cidades do País, onde os candidatos a prefeito mais votados no primeiro turno tiveram os registros de candidatura indeferidos e apresentaram recursos que ainda não foram analisados pela Justiça Eleitoral.

De acordo com o entendimento do ministro, nos casos onde os indeferimentos forem mantidos, haverá uma nova eleição.

Dos 147 municípios onde os eleitores poderão voltar às urnas, 3 são maranhenses: Sambaíba, Bacabal e Dom Pedro, segundo lista divulgada pelo jornal O Globo (Veja Aqui).

Em Bacabal, Zé Vieira obteve 20.671 mil votos ainda não validados contra 18.330 mil de Roberto Costa, o segundo colocado; enquanto em Dom Pedro, Alexandre Carvalho Costa, conquistou 7.997 mil votos, e o outro candidato, Hernando Macedo, 6.026 mil votos.

O caso mais curioso é o de Sambaíba onde o nome do candidato mais votado (2.317 mil votos), Raimundo Santana Carvalho Filho, consta da lista do TSE, embora a sua candidatura tenha sido deferida; ao contrário de João Dantas (2.296 mil votos), que teve sua candidatura indeferida.

Mendes afirmou que o TSE vai priorizar esses casos, e a estimativa é que sejam julgados até o final de dezembro. Segundo ele, essas situações são resultado da diminuição do tempo de campanha, de três meses para 45 dias, dando menos tempo para a Justiça Eleitoral analisar todos os recursos antes das eleições.

(Com informações de O Globo e Folha de São Paulo)