quarta-feira, 12 de outubro de 2016

PESQUISA APONTA EDUARDO NA FRENTE DE EDIVALDO


Depois de passar todo o primeiro turno nas últimas posições, pesquisa do Instituto Escutec mostra que o deputado Eduardo Braide (PMN) largou na frente no segundo turno com 44,27% das intenções de voto, quatro a mais que Edivaldo Holanda (PDT), que ficou com 40,09%; pesquisa foi contratada pelo jornal O Estado do Maranhão e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) sob o protocolo MA-03647/2016; foram ouvidos 1.100 eleitores entre os dias 10 e 11 de outubro

AQUILES EMIR/Maranhão Hoje/Maranhão 247 - O deputado Eduardo Braide (PMN) largou na frente, no segundo turno, segundo pesquisa do Instituto Escutec divulgada nesta quarta-feira (12) pelo jornal O Estado do Maranhão. Depois de passar todo o primeiro turno nas últimas posições, com os institutos dando-lhe menos de 05%, o candidato do PMN obteve na votação do dia 02 de outubro 21,34% dos votos válidos, ultrapassando Wellington do Curso (PP), cotado para disputar o segundo turno com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), e Eliziane Gama (PPS), que até antes da campanha liderava todas as pesquisas, e agora está próximo de se tornar o futuro prefeito.

No levantamento publicado nesta quarta-feira, Eduardo aparece com 44,27% das intenções de voto, quatro a mais que Edivaldo Holanda, que aparece com 40,09%. Ainda de acordo com o Escutec, 6,64% declararam não vão votar em nenhum dos dois e outros 9% não responderam que ainda não sabem em quem votar no dia 30. 

Considerando-se a margem de erro, que é de 3%, para mais ou para menos, isto significa dizer que não há empate técnico nesta avaliação, pois Eduardo Braide pode ter de 41,27% a 47,27%, e Edivaldo, de 37,09% a 43,09%.

Por esses números, dá para concluir que boa parte do eleitorado dos outros candidatos migrou para Eduardo Braide e bem poucos resolveram votar no prefeito, e isto fica mais evidente quando contam-se apenas os votos válidos, isto é, com a exclusão dos brancos e nulos, pois o candidato do PMN ficaria com 52,48% contra 47,52%, ou seja, Eduardo Braide atraiu mais de 30% dos eleitores e o prefeito, apenas 2, já que fechou o primeiro turno com 45,22%.

Na contagem dos votos válidos surge a possibilidade do empate técnico, pois Eduardo teria de 39,48% a 55,48%, e Edivaldo, de 44,52% a 50,52%.

Ainda de acordo com o Escutec, dos entrevistados, 36,27% dos entrevistados disseram que não votariam em Edivaldo Holanda em hipótese alguma, enquanto o candidato do PMN é rejeitado por 29,64%.

A pesquisa foi contratada pelo jornal O Estado do Maranhão e está registrada na no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) sob o protocolo MA-03647/2016 e ouviu 1.100 eleitores, nos dias 10 e 11 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais, ou para menos.
Compartilhe:

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum | Suport/ 99 98271-8514