segunda-feira, 24 de outubro de 2016

TJ do Maranhão, em nota, rebate a informação de que desembargadores do Estado recebam além do teto permitido em lei


Em nota, no dia de hoje(24),  com tom moderado o Presidente do TJ-MA  Desembargador Cleones  Cunha rebateu notícia veiculada no Jornal Folha de São Paulo onde o Presidente do TSE, Ministro Gilmar Mendes, teria dito em entrevista ao jornal paulista  que alguns desembargadores maranhenses estariam ganhando acima do teto salarial permitido em lei, ou seja,  55 mil reais.

Sem se reportar a fonte da informação que municiou o Presidente do TSE, Dr. Cleones Cunha, na nota, apenas nega a informação veiculada pelo Jornal Folha de São Paulo durante a entrevista de Gilmar Mendes. 

Veja o teor da nota do Presidente do TJ-MA abaixo:

A Presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão informa que não é verdadeira a informação de que os desembargadores não recebem menos que R$ 55 mil de salário.

As remunerações de todos os desembargadores, juízes e servidores do Poder Judiciário maranhense estão disponíveis para consulta no Portal da Transparência do TJMA e comprovam que os recebimentos de todos dos desembargadores não alcançam o valor informado.

Subsídio, auxílios e vantagens eventuais sendo pagos em conformidade com a lei, estando tanto o rendimento bruto, quanto líquido, bem abaixo do que foi informado ao jornal A Folha de São Paulo.

Desembargador Cleones Carvalho Cunha
Presidente do TJMA