domingo, 4 de dezembro de 2016

MÃE DE JOGADOR SE RECUSOU A ABRAÇAR TEMER


"É ele a estrela da história?", questionou Alaíde Pacheco, mãe do goleiro Danilo, que faleceu na tragédia da Chapecoense; "ah, para com isso, né?"; dias antes, ela emocionou o País, ao se solidarizar a profissionais de imprensa que perderam colegas na tragédia.

247 – A mãe do goleiro Danilo Padilha, dona Alaíde Pacheco, se recusou a abraçar Michel Temer, que ontem participou do velório coletivo da Chapecoense.

"É ele a estrela da história?", questionou. "Ah, para com isso, né?"

Dias antes, ela deu uma entrevista emocionante à SporTV. Em conversa com o repórter Guido Nunes ela contou sobre os momentos de agonia que passou antes de receber a confirmação da morte do filho, que chegou a ser resgatado com vida dos destroços. "Se tivesse acontecido igual aos outros, você já tinha perdido a esperança", conta ela.

Dona Alaíde, que disse que se tornou um pouco mãe de todos os torcedores da Chape após a tragédia, fez em seguida uma pergunta ao repórter. "Como vocês da imprensa estão se sentindo, perdendo tantos amigos queridos lá?", pergunta ela, e em seguida pede para dar um abraço em Nunes, que não consegue responder nem segurar a emoção.
Compartilhe:

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum | Suport/ 99 98271-8514