domingo, 29 de janeiro de 2017

‘MEU PAI ESTAVA AFLITO COM A REAÇÃO DO PAÍS’, DIZ FILHO DE TEORI


Advogado Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro Teori Zavascki, que morreu em acidente aéreo no último dia 19, afirma que o pai estava preocupado com a reação do país às delações encaminhadas pela operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal; "Ele falava muito pouco. Não abria nada. Ele só comentou, na véspera do falecimento dele, que estava muito preocupado em como o país iria reagir daqui para frente. Como seriam as coisas, em função do conteúdo das delações. Ele estava realmente aflito porque pelo jeito a coisa era muito séria, e é muito séria, e por envolver o poder brasileiro e pessoas de destaque no Brasil", disse Zavascki em entrevista ao jornal O Globo

O advogado Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro Teori Zavascki, que morreu em acidente aéreo no último dia 19, afirma que o pai estava preocupado com a reação do país às delações encaminhadas pela operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

"Ele falava muito pouco. Não abria nada. Ele só comentou, na véspera do falecimento dele, que estava muito preocupado em como o país iria reagir daqui para frente. Como seriam as coisas, em função do conteúdo das delações. Ele estava realmente aflito porque pelo jeito a coisa era muito séria, e é muito séria, e por envolver o poder brasileiro e pessoas de destaque no Brasil", disse Zavascki em entrevista ao jornal O Globo.

Rio Grande do Sul 247