segunda-feira, 26 de junho de 2017

Crime de execução, uma prática recorrente no Maranhão

Execução do feirante João Paulo, nesta segunda(26), em Tuntum  
Foto: Blog do Lobão
A execução do feirante João Paulo(do Povoado Baixão Grande - São Domingos) por volta das 8 horas em Tuntum, na manhã desta segunda-feira(26), confirma mais uma vez a prática recorrente de assassinatos de encomenda na região central do Maranhão sem solução pelas forças policiais instaladas nas diversas cidades que compõem esta regional do Estado.

A logística destes assassinatos de encomenda na região central do Maranhão é a mesma, sempre dois elementos na cena da execução, um que atira a queima-roupa na região da cabeça ou/e do tórax  da vítima e outro que faz o deslocamento rápido do executor em uma moto ou carro que estacionam em ponto estratégico para facilitar a fuga.

As forças policiais do Maranhão(Militar e Civil) destas cidades interioranas do Maranhão ainda sofrem pela falta de estrutura e condições adequadas de trabalho, abrindo espaço para que os crimes de encomenda sejam recorrentes e sem solução, ocasionando cada vez mais medo e intranquilidade para a população que clama por segurança pública e pelo desvendamento da autoria destes crimes graves contra a vida humana.

Compartilhe:

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum | Suport/ 99 98271-8514