segunda-feira, 21 de agosto de 2017

BRAIDE É O PLANO D DE SARNEY


Blog do Jorge Vieira - O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) pode ser uma espécie de “plano D” do oligarca José Sarney para tentar retomar o poder no Maranhão. Caso as candidaturas de Roseana (PMDB), Edinho Lobão (PMDB) e Roberto Rocha (PSB) fracassem, o clã terá como última cartada uma possível candidatura de Braide.

Derrotado nas eleições para prefeito de São Luís em 2016, Eduardo Braide conquistou a admiração de membros da oligarquia por ter conseguido crescer durante a campanha daquele ano, chegando de forma inesperada ao segundo turno contra Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Em entrevista a um blogueiro ligado ao grupo Sarney, o deputado admitiu que não descarta a possibilidade de concorrer ao governo do Maranhão, mas os cenários ainda permanecem incertos para 2018.

Apesar de atualmente ser cotado pelo grupo Sarney, durante as eleições municipais de 2016, Braide teve que se retratar publicamente após discurso bombástico do deputado estadual Adriano Sarney (PV), desmentindo a versão que Braide sustentava em sua propaganda política: a de que ele seria “um candidato independente”.

“A verdade é só uma: o deputado Eduardo Braide foi até a casa da ex-governadora Roseana Sarney pedir apoio. Ele tenta se dar bem passando para o público que é independente e nunca buscou apoio de nenhum grupo político”, disse Adriano Sarney na época.

Querelas e articulações à parte, o grupo Sarney corre contra o tempo para encontrar uma saída para derrotar o favoritismo de Flávio Dino (PCdoB) no próximo ano. Até outubro do ano que vem muita coisa deve ser negociada.

O certo até agora é que o clã está cada vez mais enfraquecido e esfacelado. Uma derrotada em 2018 pode representar o fim definitivo da oligarquia Sarney no Maranhão.
Compartilhe:

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum | Suport/ 99 98271-8514