segunda-feira, 18 de setembro de 2017

PSB REFAZ UNIDADE COM SAÍDA DO SENADOR “ASA”

Luciano Leitoa e Bira do Pindaré continuam firmes no comando do PSB maranhense
Blog do Jorge Vieira - O PSB respira ares de paz e tranquilidade após a confirmação de que o senador Roberto Rocha, o popular “Asa de Avião”, acertou seu ingresso no PSDB, após ser expulso pela militância local e destituído da liderança do partido no Senado.

Dirigentes dos diretórios municipal de São Luís e estadual voltaram a falar a mesma linguagem e reafirmarem o compromisso em torno da reeleição do governador Flávio Dino. O deputado Bira do Pindaré e o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, saíram ainda mais fortalecidos do enfrentamento com o senador.

Luciano e Bira travaram o bom combate e conseguiram um fato inédito na história política do país: Expulsar um senador num Congresso em que todos os partidos estão atrás de filiar parlamentares para aumentar suas representações no Senado e na Câmara Federal, independente da coloração ideológica.

Roberto Rocha apostou que derrotaria os dirigentes locais pelo fato de possuir mandato de senador, mas saiu bem menor do embate pelo controle do PSB. Ficará menor ainda quando acontecer a revoada de tucanos tão logo ele seja oficializado como pré-candidato ao governo pelo PSDB, partido comandado no Maranhão pelo atual vice-governador Carlos Brandão.

Com o Partido Socialista pacificado, os políticos que ameaçavam abandonar a legenda, se o comando fosse entregue a Rocha, voltaram respirar aliviados e não veem mais necessidade de trocar de legenda, uma vez que o pomo da discórdia já não existe mais.