quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Roberto Rocha e Madeira tramam tomada do PSDB


Marrapá - O senador Roberto Rocha (PSB) e o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), articulam nos bastidores uma tomada do PSDB e o consequente afastamento do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, atual presidente da legenda no Maranhão.

A dupla aproveitou a viagem de Brandão à China para intensificar as articulações com a executiva nacional do partido, afim de oficializar o apoio do PSDB à candidatura de Roberto Rocha a governador, contrariando o desejo da maioria dos tucanos que prefere a manutenção da aliança com o PCdoB de Flávio Dino.

Na quarta-feira (07), Roberto esteve reunido com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Em discussão estava justamente os caminhos dos tucanos no Maranhão e o próprio PSB.

Explica-se: o vice-governador de São Paulo é o socialista Márcio França, candidato a presidente nacional do PSB nas eleições internas do partido em outubro. Caso França seja eleito, Roberto sairia fortalecido e com apoio da executiva nacional para permanecer na legenda e ainda assim garantir a aliança com o PSDB.

Além disso, Alckmin deverá ser candidato a presidente da República e teria garantido o palanque de Roberto Rocha.

Carlos Brandão deve abrir o olho, pois a trama está em curso dentro do seu quintal.
Compartilhe:

Copyright © | Direção: Jornalista Emerson Araújo | Bate Tuntum | Suport/ 99 98271-8514