quarta-feira, 4 de outubro de 2017

José Joaquim manda recado a Nelma Sarney e detratores

Marrapá - Em sua primeira manifestação no Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão, o presidente eleito, desembargador José Joaquim, prometeu zelar pela reputação do judiciário maranhense, contudo, afirmou que não esquecerá a maneira como foi conduzido o processo de eleição.

Joaquim foi sincero, disse que carrega algumas cicatrizes. Aliados da desembargadora Nelma Sarney financiaram uma campanha sórdida com ataques diários em blogs e no jornal O Estado do Maranhão para atingir a honra do magistrado.

“Entreguei a Deus, mas não posso renunciar e mentir, ser falacioso hoje em dizer quer não irei levar todos os meus detratores, da minha família e desta egrégia corte que nenhum momento se curvou. Se eu já tinha honra, presidente e minha família aqui presente, de ser magistrado, hoje tenho muito mais ainda presidente”.

Após mandar seu recado, o desembargador destacou que assume a presidência sem qualquer sentimento de revanchismo e muito menos de vingança. O mais importante é atender aos anseios de quem busca a Justiça.

“Agradecer penhoradamente aos eminentes pares, não aos 16 votos presidente, mas aos 26. Eu irei presidir tenha a certeza presidente, aos meus pares e quem me ouve, sem nenhum vindita, sem nenhuma vingança […] A porta do meu gabinete serão abertas a sociedade para que tragam seus reclames e aqui possamos resolver no dia a dia”, finalizou.