domingo, 19 de novembro de 2017

A quem interessa a pesquisa eleitoral recente em Tuntum?

Imagem relacionada
A precisamente 03(três) anos das próximas eleições municipais, volta e meia, ouvimos falar de pesquisas eleitorais em Tuntum para o pleito municipal de 2020, alçando nomes de pré-candidatos a prefeito subtraídos da seara da oposição e da situação no contexto político da cidade.

As pesquisas de intenções de voto patrocinadas por grupos políticos, pessoas, entidades ou/e partidos  se tornaram ferramentas de medição eleitoral, nos últimos anos,  com o objetivo central de mexer/especular/criar clima favorável ou desfavorável em torno de projetos eleitorais, nomes de pré-candidatos e aferição de popularidade ou não  de gestão em andamento. Em Tuntum  as pesquisas não tem sido diferente e por isso quando se ouve falar delas no município há um interesse localizado das forças eleitorais que se batem historicamente na cidade mesmo com a distância considerável das próximas eleições.

Sabe-se que na semana que passou um grupo de pesquisadores esteve em Tuntum colhendo dados por amostragem da densidade eleitoral de  alguns pré-candidatos para 2020 postos em roda de conversa ou nos intermináveis fuxicos dos grupos de whatsapp por aqui, isso fez o reboliço  dos analistas políticos da rádio calçada no blá, blá, blá de sempre em torno dos nomes relacionados na tal consulta, bem como, criando inveja e decepção para quem não aparece em tal rol pesquisado.

A quem interessa a pesquisa eleitoral recente em Tuntum para 2020?

Para o marketing eleitoral correto nenhum grupo eleitoral que está no poder no início de gestão deve se preocupar com pesquisa eleitoral para medir densidade de votos de aliados num contexto de eleições apenas em 2020 sob pena de agradar uns e outros nãos. O grupo político que dirige a Prefeitura de Tuntum(Labigó), neste momento, não pode se dar ao luxo de implodir a a aliança política de 2016 por conta de pesquisa que não é de interesse deste ajuntamento vitorioso nas últimas eleições. Por ser início de mandato o que menos interessaria agora seria uma pesquisa com nomes que poderiam se evaporar eleitoralmente até 2020. Seria mais interessante ao grupo atual da prefeitura fincar todos os esforços na solução dos entraves administrativos reais  do momento como estratégia a médio prazo para 2020.

Uma fonte política da cidade  em conversa com o editor  do Bate Tuntum acabou confessando que se houve a tal pesquisa eleitoral realizada   na última semana por aqui ela  tem um interessado direto, ou seja, o grupo de oposição ao Prefeito Tema e ao seu grupo político, comandado, neste momento,  pelo empresário Fernando Pessoa que tem se movimentado sorrateiramente pelos povoados, vilas, ruas, residências, buscando contatos com lideranças de diversas estirpes políticas do município desde Janeiro passado, tentando emplacar seu nome para 2020.  

Como tática eleitoral paras as próximas eleições, a última pesquisa eleitoral comentada em Tuntum, tem mais valor de planejamento estratégico para o grupo de oposição do que para o grupo Labigó que se dá ao luxo de ter uns 04 ou mais pré-candidatos(Maurício Seabra, Ciro Ricardo, Dida, Nelson do Nanxi, Prof. Antonio dos Reis,  Alan Noleto e  Dr. Pablo Brasil) para o próximo pleito eleitoral municipal.

Mesmo diante das ponderações feitas, existe uma única certeza no universo deste debate para 2020, é muito cedo para qualquer especulação eleitoral tanto para a situação como para a oposição política em Tuntum. Inclusive é muito cedo para se queimar qualquer cartucho em torno de nomes. Cuidemos do agora primeiro, fica a dica.