quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

PT ESTÁ FECHADO COM FLÁVIO DINO, GARANTEM LIDERANÇAS

Blog Marrapá - “Joguinho político” e “armação sarnopetista”, assim alguns membros do PT definem o manifesto divulgado na imprensa pela corrente Construindo um Novo Brasil (CNB) defendendo candidatura própria do partido ao Governo do Maranhão e o nome de Raimundo Monteiro para concorrer ao cargo. Ao contrário das informações divulgadas em alguns blogs da oligarquia, apenas parte da CNB concordou com o manifesto, todos ligados ao deputado estadual Zé Inácio (PT).

O presidente do diretório de São Luís, vereador Honorato Fernandes, por exemplo, foi totalmente contra. Segundo o parlamentar, a ampla maioria das correntes petistas, que elegeram inclusive o atual presidente estadual, Augusto Lobato, estão de acordo com o apoio ao governador Flávio Dino (PCdoB).

“A grande maioria defende no campo majoritário, composto inclusive por uma parte da CNB, da qual faço parte, tem defendido como projeto prioritário a eleição do presidente Lula, esse é ponto de partida para todos nós do PT. O segundo ponto que é desse campo majoritário, com mais de 60%, trata da reeleição de um governador que a gente considera atuante no que se refere ao processo de gestão e também na defesa da democracia”, disse em entrevista a TV Guará.

Para Lobato, o grupo “dissidente” faz o jogo do grupo Sarney, cujo objetivo é de melar a aliança PT/PCdoB e assim diminuir o tempo no horário eleitoral gratuito do governador, além de evitar um palanque de Lula e Dino.

“Uma coisa está muito clara: nós não vamos com Sarney e não fazer o jogo do Sarney. Nesse momento, candidatura própria faz parte do jogo do Sarney para tirar o tempo de televisão do Flávio Dino. Aqui no PT não formalizaram nada. Não chegou nada no partido. Sou presidente e repondo politicamente pelo partido. A autonomia é nossa total. O PT do Maranhão não vai fazer jogo do Sarney”.