sábado, 6 de janeiro de 2018

JOESLEY DELATA CAIXA DOIS DE JOSÉ SERRA

247 - O empresário Joesley Batista, da J&F, prestou depoimento à Polícia Federal em São Paulo no dia 15 de dezembro para fornecer mais informações sobre o senador José Serra (PSDB-SP) para seu acordo de delação premiada.

Segundo a Coluna Expresso, da revista Época, Joesley disse que Serra lhe pediu, em 2010, R$ 20 milhões para sua campanha à Presidência da República e que parte dos recursos foi repassada por meio de caixa dois. Segundo Joesley, o publicitário Luiz Fernando Furquim, amigo de Serra, se encarregou das tratativas de caixa dois.

A revista observa, no entanto, uma "inconsistência" nessa versão: Furquim morreu em agosto de 2009, um ano antes das eleições. Teria que ter tratado tudo antes disso.

Sobre o caso, Serra diz que "jamais foram de seu conhecimento tratativas de caixa dois para suas campanhas".