CANDIDATA ROSEANA SARNEY DESIDRATA NA RETA FINAL E CONTABILIZA PERDAS DE ALIADOS

A reta final da campanha para o Governo do Estado não tem sido nada animador para a candidata ao governo pelo MDB, Roseana Sarney. Além das pesquisas divulgadas ao longo da semana passada, que apontaram o governador Flávio Dino como franco favorito para vencer a eleição logo no primeiro turno, a filha de José Sarney, um dos principais conselheiros do impopular presidente Michel Temer, contabiliza perdas de aliados.

O primeiro a se desencantar com as velhas promessas da representante da oligarquia foi o prefeito de Caxias, Fábio Gentil. Ainda no período da pré-campanha procurou a Palácio dos Leões e, após conversar com o governador, declarou apoio a Flávio Dino. A atitude de Gentil encorajou outros chefes de Executivos municipais a seguirem o mesmo caminho, como as adesões desde último final de semana.

Além de vê o prefeito do principal município da região dos Cocais pular fora da barca sarneysista, Roseana começou perder força nas mais diversas regiões do Estado, conforme mostraram as pesquisas de intenção de voto. O prefeito de Cachoeira Grande, Tonhão (MDB), sábado (22) abandonou de vez a candidata da oligarquia, recebeu Flávio Dino na cidade e participou de caminhada ao lado de uma multidão.

O mesmo aconteceu com o prefeito de Morros, Sidrak Feitosa, que após participar das atividades de campanha do governador na região no final de semana foi enfático ao afirmar que o candidato 65 vencerá no primeiro turno, faltando menos de duas semanas para o pleito.

Em toda campanha é natural que prefeitos, deputados, lideranças políticas e comunitárias abandonarem candidatos sem chance de vencer, o que significa dizer que se os aliados de Roseana estão pulando para o lado de Flávio Dino é porque consideram que a filha de Sarney não tem a menor chances diante dos novos ventos que estão soprando no Maranhão.

Além do pula pula dos prefeitos, é bom lembrar que uma leva de parlamentares e lideranças políticas que sempre estiveram nos palanques do grupo Sarney em eleições passada, desta vez, provavelmente estimulados pela boa administração do governador, mudaram de lado e apoiam a reeleição, a exemplo de Hildo Marques em Imperatriz, Chico Coelho em Balsas, e até, pasmem, Magno Bacelar, em Chapadinha, entre tantos outros 

Como tudo indica que a família Sarney já jogou a toalha em relação ao Governo, todas as atenções do clã estão voltadas agora para tentar salvar a candidatura ao Senado de Sarney Filho (PV), sob o risco da oligarquia ser riscada do mapa político do Maranhão e do Distrito Federal. A missão, no entanto, não está sendo nada fácil, principalmente após os candidatos Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT) assumirem a dianteira da disputa puxados pelo governador Flávio Dino.

Blog do Jorge Vieira
Posted in  on 20:00:00 by Blog Bate Tuntum |