FLÁVIO DINO: BOLSONARO TEM AMOR PELA GUERRA

247 - O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou nesta segunda-feira, 7, o tom beligerante do presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

"Esses primeiros dias já mostram um traço muito preocupante do presidente e de seus ministros que é o de criar conflitos, como se fosse um amor pela guerra. Isso é ruim, pode criar uma espiral negativa que contamina o ambiente político", disse o líder maranhense. "Ele trata o envio da Força Nacional como se fosse um favor. Não é um favor, é um dever, uma obrigação. São os estados que mantêm a Força Nacional", disse Dino ao comentar o caso do Ceará. 

"Ninguém é obrigado a concordar com a ideologia alheia, mas tem que conviver. A Constituição garante o pluralismo político. Não cabe a nenhum ator político fazer expurgos e eliminar os diferentes. Fico em dúvida se o governo tem uma concepção ideológica de eliminar os adversários ou se isso é uma mera distração. Na ausência de uma agenda mais substantiva, com início, meio e fim, se recorre a esses expedientes como discutir cor de roupa ou demitir funcionário porque escreveu 'Marielle vive'. O Brasil não está acostumado a ver isso em um governo. Espero que seja uma coisa de início e que depois ele mude", acrescenta Dino. 

Posted in  on 22:04:00 by Blog Bate Tuntum |