Malafaia e Eduardo Paes viram réus por improbidade administrativa

O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes e o pastor Silas Malafaia viraram réus em ação de improbidade administrativa que investiga a aplicação, sem licitação, de R$ 1,6 milhão no evento religioso “Marcha para Jesus”, realizado na cidade em 2013.

A decisão é da juíza Mirela Erbisti, da 3ª Vara de Fazenda Pública do Rio, que recebeu a acusação feita pelo Ministério Público.

Também são acusados o ex-chefe da Casa Civil Guilherme Schleder, o Conselho dos Ministros Evangélicos do Estado e o município do Rio.

Blog da Cidadania
Posted in  on 16:00:00 by Blog Bate Tuntum |