É preciso retomar a liderança política e administrativa do Grupo Labigó


Resultado de imagem para opinião
Os ataques e as denúncias cotidianos à setores da administração do Prefeito Cleomar Tema, em Tuntum,  nos últimos dias,  já começam a provocar preocupações para 2020 nos pré-candidatos do Grupo Labigó a Prefeitura do Município e nos pré-candidatos a  do mesmo grupo à  câmara da cidade.

Sabe-se que o Prefeito Cleomar Tema é um grande engenheiro da política municipal, da política tuntunense moderna através de sucessivas vitórias eleitorais, mas, nos últimos meses, tem se observado, também, o arrefecimento da sua gestão atual pelas ausências contínuas da cidade e pela postergação de alguns setores da sua gestão a terceiros, ocasionando   denúncias e ataques de toda ordem pelas omissões administrativas recorrentes.

A gestão pública municipal de qualquer liderança política  deve ser pautada pela atuação presente em todas as suas ações, em todos os órgãos sob o seu comando. Não se admite mais, como forma de governar,  postergar decisões ou não acompanhar a movimentação de auxiliares mais próximos no gerenciamento das ações de órgãos e secretarias municipais que já não conseguem fazer o trivial, ou seja,  pagar em tempo  real as folhas de pagamento de servidores que trabalham para dar visibilidade a este mesma administração.

O Prefeito Tema sempre foi exemplo de gestor pagador, de político cumpridor de direitos o que o transformou na grande liderança política da recente história de Tuntum e estas qualificações precisam continuar para se manter  um campeão eleitoral e efetivar mais um sucesso eleitoral em 2020. Fora disso,  corre sérios riscos  de quebrar esta sequência vitoriosa, diga-se de passagem.

Dr. Tema sabe mais que ninguém da necessidade urgente de retomar a liderança política e administrativa do Grupo Labigó a frente da Prefeitura de Tuntum e fazer o dever de casa necessário: atualizar a folha de pagamento de quem trabalha e sustenta a administração municipal, cortar privilégios exacerbados e estranhos, alvos de denúncias e ataques,  e se manter  presente na cidade, fazendo política cotidiana com aliados que ajudam a sua gestão, na efetivação da sua liderança vitoriosa.

Se o Prefeito de Tuntum não fizer o dever de casa da administração municipal  e entender que não há um funcionalismo público que trabalha  diariamente altamente insatisfeito pelas omissões e pelo atraso de salários recorrentes nas secretarias, as defecções de aliados começarão, as denúncias e ataques contra auxiliares de frente da administração local aumentarão, nascendo um clima propício para a oposição se animar e pensar em levar a eleição para prefeito em 2020.
Posted in  on 16:30:00 by Blog Bate Tuntum |