Os exemplos de Sobral e o polo da UEMA em Tuntum

Emerson Araújo, Fernando Pessoa, Cid Gomes, Jean Carlos, Wellington Pessoa e Lucinea Sobreira em Sobral - CE

Esperei quase um mês para expor as minhas considerações sobre a viagem que fiz a cidade de Sobral - Ceará a convite do Deputado Fernando Pessoa recentemente como parte de uma comitiva composta por mais 07 outros deputados  estaduais do Maranhão sob o comando do Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto. além  do vereador tuntunense Wellington Pessoa, da Agente Comunitária e líder sindical Lucinea Sobreira e do Professor e historiador Jean Carlos Gonçalves.

A viagem que fiz a  Sobral, no final de janeiro do corrente ano, teve como objetivo conhecer a gestão pública municipal de excelência  implementada pelas administrações sucessivas da família Ferreira Gomes(Euclides, Cid e Ivo Gomes) na educação, saúde, infraestrutura e saneamento básico do município cearense do Vale do Acaraú.

As primeiras considerações na viagem a Sobral estão fincadas no que vi na educação do município cearense de quase 210(duzentos e dez) mil habitantes. Na educação pública  de Sobral se percebe claramente uma revolução silenciosa e a convicção de que quando se quer dar ênfase e importância a um serviço público, como é o ensino municipal, não se precisa de fórmulas mirabolantes, teorias abstratas ou práticas aleatórias. Tudo na educação pública de Sobral se trabalha para resultados cada vez fundamentados na aprendizagem do aluno via gestão escolar, reconhecimento do profissional da educação e na formação dos servidores que atuam de maneira continuada neste serviço de relevância social. Em Sobral, diga-se de passagem, a educação não desperdiça tempo e nem, tão pouco, dinheiro na aplicação da aprendizagem do ensino municipal cada vez mais surpreendente.

O sistema educacional de Sobral tem dado certo, acima de tudo, porque os seus mentores entenderam que a ingerência política partidária é nefasta para o ensino público. Na cidade cearense do Vale do Acaraú político não mete o bedelho na gestão de uma educação que chega ter até a nota 9,8 no IDEB, índice reconhecido de excelência pelos órgãos e instituições nacionais e internacionais através das premiações recorrentes das escolas que compõem o sistema de ensino público da cidade do Ceará.

Gestão escolar de qualidade, formação continuada  e reconhecimento dos profissionais da educação são elementos cotidianos que em constante articulação com o poder executivo tem feito a educação de Sobral a melhor do Brasil, queiram ou não os seu críticos, bem como,  uma das dez melhores do planeta.

Conhecida a educação de Sobral e os seus qualitativos sociais mais visíveis,  voltei dali com a plena certeza que poderemos exercitá-la em Tuntum num mandato de gestão moderna e que tenha pulso administrativo para não fatiar o ensino municipal com barganhas eleitoreiras, falta de viés técnico, desvio de recursos cotidianos, loteamento político partidário da Secretaria Municipal de Educação(lembrando que em Sobral o gestor de educação é um técnico da gestão escolar por formação) de quem quer que seja. Acho que o deputado Fernando Pessoa é o nome certo para construir uma nova educação pública municipal de Tuntum com a excelência social que precisamos ter a partir de 2021 tendo como exemplo Sobral e outros sistemas de ensino que primam pela qualidade social da sua oferta aos alunos e às suas famílias.

O polo da UEMA em Tuntum

Há dez anos que sou professor em Tuntum. Sempre tenho feito algumas preleções importantes em sala de aula. E uma delas sempre foi comunicar aos alunos/alunas que a cidade é muito perversa com os seus jovens: não tem uma política de geração de emprego e nem um ensino superior público que viesse a atender os mais humildes.

Esta semana fui surpreendido com a boa  notícia de  que o deputado Fernando Pessoa, em audiência com o reitor da UEMA, indicou emenda parlamentar de sua autoria em torno de R$ 200.000,00(duzentos) mil reais para a implantação do polo da Universidade Estadual do Maranhão em Tuntum.

Jovem, Fernando Pessoa tem começado a pensar nos seus conterrâneos de maneira concreta e efetiva, por sua sensibilidade a favor dos mais humildes, o deputado tuntunense fez um gol de letra ao indicar um polo da Universidade Estadual do Maranhão para atender os alunos da cidade. Inclusive me dou o direito de sugerir o  CE Isaac Martins para que a Universidade Estadual do Maranhão funcione na cidade, pela disponibilidade e estrutura física do prédio, hoje,  por sua  localização e pelo valor histórico desta escola estadual no cenário do ensino público na região central do Maranhão.
Posted in  on 10:00:00 by Blog Bate Tuntum |