Fauci: situação no Brasil é 'muito difícil' e vacinação é saída contra variantes

247 - O imunologista norte-americano Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (EUA) e um dos principais integrantes da força-tarefa do governo de Joe Biden contra a Covid-19, disse nesta quarta-feira, 3, que a situação do Brasil é "muito difícil" e a que a vacinação em massa é a saída contra as novas variantes do coronavírus.

"É realmente uma situação muito difícil em que se encontra o Brasil. É muito difícil porque mesmo com a infecção do vírus original que estava circulando, na verdade, após a recuperação deste vírus, não há proteção contra a reinfecção da variante em circulação no Brasil. A melhor coisa a ser feita é vacinar o maior número de pessoas e o mais rápido o possível", disse Fauci.

O Brasil vive seu pior momento desde o início da pandemia do novo coronavírus no país, com uma curva de mortes acelerada. Nesta quarta, o país atingiu um novo recorde de mortes diárias pela Covid-19, com quase 2 mil mortes, segundo o Ministério da Saúde - 1.910 novos óbitos.

Fauci disse que conversou com o cientista David Ho, virologista em Nova York, e que ele explicou que mesmo que as novas variantes apresentem uma resistência diferente às vacinas, como uma redução na produção de anticorpos, os imunizantes ainda gerariam uma resposta suficiente após duas doses.

"É provável que a produção [de anticorpos] que você obtém com as duas doses de uma vacina de mRNA seja capaz de proteger de forma bem razoável contra isso [novas variantes]", afirmou.
Recorde de mortes no Brasil

Relatório do Conselho Nacional de Secretários de Saúde divulgado às 18h registra 1.910 por Covid-19 nas últimas 24 horas, fazendo desta quarta o dia mais letal desde o início da pandemia, muito acima da marca registrada ontem. O Ministério da Saúde confirmou o número de mortes.

Os números do Conass informam ainda que o Brasil chegou a 259.271 mil mortos e que tem 10.718.630 milhões de pessoas infectadas com coronavírus. Foram 71.704 mil novos casos no último dia.

Nesta terça, o mesmo Conselho registrou 1.641 mortes em apenas um dia, que havia sido até então o mais letal da pandemia. Pouco depois, o consórcio dos veículos de imprensa divulgou um número ainda maior: 1.726.
MG registra variante da Covid-19 inédita no Brasil

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais confirmou o primeiro caso de reinfecção do coronavírus no estado através de variante do coronavírus até então inédita no Brasil: a B.1.2, que começou a circular nos Estados Unidos em outubro do ano passado.

“A primeira infecção foi causada pela linhagem viral B.1.1.28, que circula no Brasil desde março de 2020, e a segunda pela B.1.2, linhagem americana que circula nos Estados Unidos mais intensamente desde outubro. Até então, esta linhagem não havia sido detectada no Brasil, de acordo com os principais bancos de dados globais de linhagens Sars-CoV-2”, diz texto da UFOP sobre a descoberta.

on 08:30:00 by Blog Bate Tuntum |